Benefícios da Fava para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

Você com certeza já ouviu falar de favas antes, mas você sabe como é importante se alimentar delas? Também conhecida como feijão ou feijões de fava, elas são bastante surpreendentes, dada a quantidade de nutrição que contêm. Além de ser uma escolha de proteína magra com muita fibra, os feijões de fava contêm vitamina K, vitamina B6, zinco, cobre, ferro, magnésio e muito mais.

Se isso ainda não for o suficiente, saiba que elas também são alguns dos principais alimentos com alto teor de ácido fólico. Você ganha 177 microgramas de folato (ácido fólico) em apenas um copo de feijão cozido. O folato é útil para o metabolismo energético, na manutenção do sistema nervoso e dos glóbulos vermelhos saudáveis.

E isso não é tudo. Alguns estudos mostram a diminuição do risco de doenças cardíacas, câncer e depressão para aqueles que consomem alimentos com tal intensidade de nutrientes como as encontradas nas favas.

O que é fava

O feijão, também conhecido como fava, é originário das regiões do norte da África e do sul da Ásia. Ele fez parte da dieta mediterrânea e asiática desde os tempos antigos, juntamente com outras leguminosas como lentilhas e ervilhas. Os feijões são cozidos, mexidos, assados, embebidos e preparados em uma variedade de pratos tradicionais da Grécia ao Nepal.

Isso realmente não é inusitado, pois esses feijões oferecem muitas proteínas e minerais. Por exemplo, cada 100 gramas de feijão contêm 26 gramas de proteínas. A mesma porção também pode fornecer 50% da necessidade diária de ferro e magnésio de seu corpo.

Infelizmente, alguns indivíduos com uma deficiência genética particular e aqueles que tomam certo tipo de medicação não poderão aproveitar esta leguminosa nutritiva.

O favismo, deficiência em Glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD) é uma condição médica raríssima, onde comer feijão causa anemia hemolítica aguda. O que basicamente acontece aqui é que os glóbulos vermelhos são destruídos a uma taxa que o corpo não consegue substituir facilmente. É uma doença genética. O corpo não possui a capacidade normal de lidar com as substâncias do feijão que causam a anemia.

Propriedades da Fava

Uma espécie de planta florida na família das ervilhas Fabaceae, denominada cientificamente como Vicia faba, a fava é muito rica em vitaminas, minerais e outros produtos fito térmicos.

A alta concentração de nutrientes encontrados nas favas é responsável por suas propriedades impressionantes e os benefícios à saúde. São semelhantes a qualquer tipo de feijão, trata-se de uma vagem pequena e longa contendo de 4 a 10 grãos minúsculos, ligeiramente redondos, geralmente de cor verde brilhante.

Quando madura, a vagem fica de cor acastanhada, com os grãos podendo ficar da mesma cor. São realmente fáceis de cultivar, brotando em qualquer lugar.

O feijão de fava é encontrado em seu estado natural como uma planta rígida erguida de 0,5-1,8 metros de altura, suportando hastes robustas. As folhas têm de 10 a 25 centímetros de comprimento e são de cor cinza-verde. As flores contêm cinco pétalas com um ponto preto. Há feijões floridos, que foram salvos da extinção. Essas flores contêm um aroma doce que atrai abelhas.

A planta pode atingir alturas de até 6 metros, e gera suas primeiras flores cerca de 5 meses após ter sido semeada. Quando verdes, as favas são mais macias, mas secas e também possibilitam pratos incríveis.

Como dito antes, são ricas em fibras que promovem movimentos intestinais regulares, proporcionando assim um remédio natural e fácil contra a constipação. Além disso, alimentos ricos em fibras, como nozes, amêndoas, fava branca, ervilha, feijão, fava e outras leguminosas ajudam a reduzir os níveis de colesterol, evitando a absorção de gordura no intestino, promovendo também a perda de peso.

Os grãos de feijão são muito benéficos devido ao conteúdo único de esteróis vegetais, compostos naturais encontrados nas plantas.

Fava fresca é uma fonte incrivelmente rica de folato (vitamina B9), indicada durante a concepção e gravidez para prevenir defeitos do tubo neural em recém-nascidos.

benefícios da fava

Tipos de Fava

Feijões Pretos Rica em magnésio, essa leguminosa tem uma textura aveludada e um sabor sutilmente suave que vai bem com sabores fortes, como bacon ou carne seca. Junte vegetais e frutas de cores luminosas aos feijões brilhantes e negros para saladas festivas.

Feijão Fradinho – Pequenos, gordurosos e manchados, esses feijões são uma excelente fonte de folato (importante para mulheres grávidas). Ele complementa carnes salgadas, como bacon e carne seca.

Feijões Cannellini – Esses grãos grandes e rosados (também conhecidos como feijões brancos) são cremosos e saborosos.

Grão de Bico – Também conhecidos como garbanzos, os grãos de bico são consumidos mais do que outros grãos no mundo. Redondos e firmes, com um sabor de noz, são a base do humo.

Grandes Feijões do Norte – Esses grãos pequenos, brancos e em forma de rim são uma fonte especialmente boa de cálcio. Como eles são suaves e facilmente absorvem temperos, funcionam bem em ensopados e sopas.

Feijão Marrom – Este popular ingrediente da cozinha mexicana, conhecido por sua pele avermelhada e interior branco, carrega proteínas, ácidos gordurosos e Ômega-3 saudáveis ​​para o coração, além de ferro e quase a mesma quantidade de antioxidantes que combatem o câncer.

Feijão Lima – Os feijões de lima (também chamados de feijão manteiga) são verdes, planos, de forma oval, reservam grande quantidade de potássio, têm um sabor amanteigado e um interior que se assemelha a amido que pode se tornar mole, então é melhor prepará-los dando sautés rápidos. Eles são frequentemente vendidos cozidos ou já congelados.

Feijão carioca – Estes feijões rajados têm quantidades substanciais de fibras e proteínas. Seu sabor terroso e textura suave funcionam bem em caldos e ensopados ou como feijões fritos mexicanos.

Existem muitos outros tipos de feijões de favas com variações no sabor, preço e espécie. Porém, esses são os mais comuns consumidos pela população que ama esses grãos e não os troca por nada. Geralmente, também costumam ser os mais fáceis de encontrar em qualquer parte do mundo.

Benefícios da Fava

  • Pode reduzir o risco de defeitos de nascimento – Embora o folato seja ótimo para fornecer energia, também é conhecido há muito tempo como nutrienteimportante para mulheres grávidas. O folato tem uma propriedade que ajuda a reduzir os defeitos congênitos. Todas as mulheres com idades entre 15 a 45 anos devem consumir (400 microgramas) de ácido fólico todos os dias para ajudar a reduzir o risco de defeitos congênitos, espinha bífida e anencefalia. Isso é importante porque, na maioria das vezes, os problemas ocorrem nas primeiras semanas de gravidez, um período em que muitas nem sequer sabem que estão grávidas.

propriedades da fava

  • Ajudar a prevenir a osteoporose – Em apenas um copo de feijão está 36% da recomendação diária do consumo de manganês. Ele ajuda a aumentar a massa óssea. Além disso, ajuda a reduzir a deficiência de cálcio. Com cerca de 99% do nosso cálcio armazenado nos ossos e dentes, isso faz do manganês um escudo para manter os ossos fortes, o que é eficaz na prevenção da osteoporose.
  • Pode eliminar a hipertensão e reduzir o risco de doença cardíaca O magnésiodesempenha uma função importante na saúde do coração. A hipertensão é um importante fator de risco para doença cardíaca e acidente vascular cerebral. Estudos mostram que o magnésio pode baixar a pressão arterial. Uma análise de 12 ensaios clínicos demonstrou que a suplementação de magnésio por um período de 8 a 26 semanas em 545 participantes hipertensos resultou em uma pequena redução na pressão arterial diastólica.
  • Apoiar um sistema imunológico forte – A fava contém uma boa quantidade de cobre, o que ajuda a manter células sanguíneas saudáveis. As células brancas do sangue são importantes porque destroem os agentes patogénicos causadores de doenças, ajudando a eliminar os radicais livres encontrados no organismo. O cobre desempenha um papel para garantir que esses glóbulos brancos funcionem corretamente, mas o corpo não pode produzir o suficiente por conta própria. Portanto, a suplementação através de alimentos, como feijão, pode ajudar. Além disso, é vital, uma vez que sem glóbulos brancos saudáveis, seu corpo é muito suscetível a doenças e infecções, e é por isso que a deficiência de cobreé tão perigosa.
  • Fornecer energia Os feijões fornecem a energia necessária devido ao ferro que eles contêm, com um copo fornecendo cerca de 14% da recomendação diária. O ferro é necessário para produzir hemoglobina, que transporta oxigênio pelo corpo e para suas células. Se você estiver com baixo teor de ferro, isso será um desafio e pode deixá-lo cansado e lento. A anemia pode ser o resultado. Comer feijões de fava ricos em ferro pode eliminar a fadiga e, em última instância, sintomas anêmicos.

fava

  • Pode melhorar a função motora – Alguns estudos sugerem que os feijões de fava podem ajudar a controlar os sintomas da doença de Parkinson. Numa pesquisa realizada com feijão fresco com a casca externa, feijão de favas dissolvidos em álcool e água, bem como feijões de fava germinados secos. Devido ao aumento dos níveis de L-dopa e C-dopa no sangue, observou-se uma melhora acentuada no desempenho motor dos pacientes com doença de Parkinson sem efeitos colaterais.

 

Artigos Relacionados

Benefícios e Propriedades do Grão-de-bico

Benefícios e Propriedades da Vagem

Benefícios e Propriedades da Soja

Benefícios e Propriedades do Aspargo

Benefícios e Propriedades da Acelga

Benefícios e Propriedades da Alcachofra

Benefícios e Propriedades do Nabo

Benefícios e Propriedades da Beterraba

Benefícios e Propriedades da Couve-flor

Benefícios e Propriedades do Quiabo