Benefícios da Macadâmia para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

A macadâmia é uma noz de sabor amanteigado, doce e amendoado muito atrativo ao paladar. Classificada como a rainha das nozes, a macadâmia é rica fonte de vitaminas, minerais como potássio, fósforo, cálcio, ferro e magnésio, antioxidantes e ácidos graxos insaturados que são benéficos para o coração.

Tanto a árvore de macadâmia quanto o fruto possuem o mesmo nome, a diferença é que a macadâmia fruta também é conhecida por noz macadâmia. Ela pode ser consumida ao natural ou como ingrediente em diversos produtos como cookies, bolos, tortas, pães, bombons, sorvetes, entre outros. Da noz se extrai também o óleo de macadâmia que é utilizado na culinária e principalmente na indústria de cosméticos para a fabricação de shampoos, cremes, sabonetes.

macadâmia propriedades

A macadâmia é nativa da Austrália, mas foi o Havaí o maior produtor mundial da noz por anos. Há cerca de 7 espécies de noz macadâmia mas apenas duas são comestíveis, a Macadamia integrifólia e a Macadamia tetraphylla. As demais espécies não são comestíveis ou são venenosas.

No Brasil, a espécie mais cultivada na região Sudeste, Paraná, Mato Grosso do Sul e Bahia é a Macadamia integrifoli. A fruta macadâmia é constituída por um revestimento carnoso de cor verde parecido com um limão pequeno que no interior contém a noz de casca marrom com uma amêndoa cor creme.

Macadâmia propriedades

As propriedades da macadâmia provêm das vitaminas e minerais presentes nessa noz, que promovem o bom funcionamento do organismo. A macadâmia é rica em vitaminas do complexo B, vitamina C e E. 100 gramas da noz macadâmia fornecem o nível diário recomendado de tiamina (vitamina B1) e boas quantidades de piridoxina (vitamina B6), niacina (vitamina B3), ácido pantotênico (vitamina B5), riboflavina (vitamina B2) e ácido fólico (vitamina B9).

A macadâmia ainda é uma boa fonte de minerais como o manganês, cobre, ferro, magnésio, fósforo, zinco, cálcio, potássio e selênio. Dentre os benefícios da macadâmia podemos citar:

1.Ajuda a emagrecer

Apesar se ser calórica e conter gordura, a gordura presente na macadâmia é monoinsaturada, a chamada “gordura boa” que reduz o colesterol ruim. A macadâmia é rica em ácido palmitoleico e ômega 7. O ácido palmitoleico acelera o metabolismo, auxiliando na queima de gorduras.

2.Melhora o desempenho muscular

As nozes de macadâmia ajudam na geração de energia. Elas contêm tiamina, vitamina importante na geração de ATP, molécula que gera energia. A macadâmia possui também quantidades significativas de proteína, nutriente essencial para a manutenção e desenvolvimento dos músculos.

3.Benéfica para o coração. Diminui o colesterol

A macadâmia é rica em gorduras monoinsaturadas, são as chamadas gorduras “boas” que ajudam a reduzir o nível de colesterol ruim (LDL) e aumentarem o “bom” (HDL).  Como consequência da limpeza que as moléculas de HDL fazem nas artérias e pelo menor acúmulo de LDL na parede dos vasos sanguíneos, diminui o risco de aterosclerose (processo inflamatório na parede dos vasos) e consequentemente diminui o risco de infartos e derrames. É uma noz 100% livre de colesterol e pode ser consumida sem culpa.

4.Combate os radicais livres

Encontramos na macadâmia compostos como os flavonoides que combatem os radicais livres, estes são altamente reativos e podem causar danos ao DNA e câncer.  O consumo de alimentos antioxidantes, como a macadâmia, evita que os radicais causem esses danos e previne diversos tipos de câncer.

5.Previne a anemia

A anemia é causada pela falta de ferro. O ferro é constituinte importante das hemácias para o transporte de oxigênio aos tecidos. Quando o corpo não recebe sangue rico em oxigênio suficiente, a pessoa pode se sentir cansada, pálida, ter falta de ar, entre outros sintomas. A macadâmia contém ferro, que ajuda manter o estoque desse mineral em nosso corpo, prevenindo quadros de anemia.

macadâmia benefícios

6.Boa para o sistema nervoso

A macadâmia contém substancias que contribuem para a síntese de neurotransmissores, mensageiros químicos que enviam o sinal para o órgão ou tecido efetuar a ação final.

A vitamina B1 (tiamina) presente na noz macadâmia, participa da síntese da acetilcolina. Já o cobre, também presente na noz, é importante para a produção de norepinefrina.

7.Boa para o bom funcionamento do intestino

A macadâmia é fonte de fibras solúveis e insolúveis que promovem a saciedade, auxiliam a digestão, estimulam a evacuação, reduz a sensação de inchaço, controlam a absorção de gordura e ajudam na eliminação de toxinas.

8.Bom para os ossos

A macadâmia contém minerais importantes para a formação e manutenção da saúde dos ossos. O cálcio e o fósforo são constituintes da matriz óssea e dentes. O manganês auxilia na manutenção do esqueleto, fazendo com que ele permaneça forte. O zinco ativa a enzima responsável pela diferenciação das células ósseas e o magnésio evita que cristais que fragilizam os ossos sejam formados.

9.Hidrata e protege a pele e os cabelos

Da noz macadâmia extrai-se o óleo de macadâmia, rico em ácido palmitoleico. Esse óleo é amplamente utilizado pela indústria cosmética na fabricação de hidratantes, shampoos, sabonetes, entre outros. Grandes marcas de cosméticos possuem linhas específicas com o óleo de macadâmia, como macadâmia natura e macadâmia cabelo, visto que o ácido palmitoleico, principal componente do óleo, possui elevada afinidade com a nossa pele e penetra com muita facilidade no couro cabeludo. Ele é o grande responsável pela hidratação da pele o dos fios de cabelo.

Usar o óleo de macadâmia nos cabelos hidrata e protege o cabelo dos danos do uso de produtos químicos, reduz o frizz, dá brilho aos fios, controla o volume e devolve a elasticidade natural dos fios de cabelo, reduzindo a quebra e o aparecimento de pontas duplas.

Para a pele, o óleo de macadâmia melhora a saúde da pele, retarda o aparecimento de sinais de envelhecimento, melhora a elasticidade mantendo a pele com um aspecto mais jovem e bonito por mais tempo.

Macadâmia cultivo

A macadâmia árvore, também conhecida por Nogueira-macadâmia, é originária da Austrália e se adaptou bem as terras brasileiras. O fato de o Brasil estar na mesma latitude que a Austrália, e ser um país subtropical, explica o porquê do seu bom desenvolvimento no país. A planta chegou ao Brasil na década de 1930, mas somente na década de 1990 é que começou a ser mais bem apreciada e utilizada em diversas receitas e preparações.

A árvore de macadâmia vem a cada dia ganhando popularidade e pode ser cultivada em diversos tipos de solo, mas se adapta melhor em solos profundos, ricos em material orgânico e bem drenados. A árvore não suporta geadas ou frio intenso, sendo própria para o plantio em regiões com clima ameno, pois regiões com temperatura muito elevada, ela também não se desenvolve bem.

A planta começa a produzir em cinco anos, e pode atingir até 15 metros de altura quando atinge a idade adulta, lá pelos 25 anos. É uma planta de longa vida podendo ultrapassar 100 anos de idade. Seu fruto é uma noz redonda amarronzada, com cerca de 2,5 centímetros de diâmetro, que protege a amêndoa amanteigada de cor creme.

macadâmia

Como plantar macadâmia

Antes do plantio, a terra que irá receber a muda ou semente germinada da macadâmia deve ser tratada com esterco, calcário magnesiano e outros nutrientes da mistura para jardinagem que pode ser encontrada em lojas especializadas.

Escolha um local com espaço, já que a árvore quando adulta pode atingir até 15 metros, e que esteja protegida de ventos fortes. Na época de geada, cubra a planta, já que esta não suporta temperaturas muito frias.

A árvore de macadâmia prefere climas tropicais e subtropicais, locais em que as temperaturas estejam entre 6 e 28ºC são os ideias. Locais com baixa umidade relativa do ar e índices pluviométricos menores que 1.500mm devem ser evitados.

Durante a fase de desenvolvimento da planta, o solo deve ser reforçado com nitrogênio a cada dois meses e adubo periodicamente, isso faz com que a árvore cresça mais rápido e saudável.

Macadâmia comprar

A noz macadâmia pode ser facilmente encontrada em todo Brasil em lojas de produtos naturais, mercados, feiras nas suas diversas formas, vendidas a granel ou já embaladas. Pode-se encontrar a macadâmia com casca, sem casca, crua, torrada e salgada, como ingrediente em bolos, tortas, biscoitos, pães, chocolates, bombons. Basta escolher o tipo que mais lhe agrada e desfrutar de todos seus benefícios.

 

Artigos Relacionados:

Benefícios e Propriedades do Amendoim

Benefícios e Propriedades da Noz

Benefícios e Propriedades da Avelã

Benefícios e Propriedades do Caju