Benefícios da Pitanga para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

A pitanga, fruto da pitangueira, é uma planta nativa da Mata Atlântica brasileira. Essa fruta pode ser utilizada em geleias e doces, além de ser consumida crua. Caso a opção seja utilizá-la em alguma receita, os caroços deverão ser retirados previamente, já que soltam um gostinho amargo. Quando madura, a pitanga tem pouca durabilidade e resistência, logo, o ideal é colher no pé e consumir imediatamente. Dependendo do tipo, a fruta poderá ter coloração vermelho vivo, laranja ou preto.

Benefícios da pitanga

Além de ser muito saborosa, a pitanga apresenta uma boa quantidade de água e baixo valor calórico. É sabido que a pitangueira se adapta em solos localizados em regiões de climas tropical ou temperado.

pitanga

Observe a seguir alguns benefícios da pitanga:

  1. Prevenção do câncer: na composição da pitanga estão presentes antocianinas e fenóis, substâncias essas capazes de prevenir doenças degenerativas e atuantes na proteção das moléculas de DNA contra mutações que podem acarretar o câncer. O licopeno, elemento responsável pela coloração vermelha da fruta, é mais um antioxidante encontrado na pitanga que é potencialmente efetivo no combate a diversas doenças.
  1. Prevenção do envelhecimento precoce: o alto poder antioxidante luta contra a ação dos radicais livres, logo, retardando o envelhecimento precoce.
  1. Auxilia na perda de peso. A pitanga ajuda no processo de emagrecimento porque tem poucas calorias. O suco é uma excelente bebida diurética para beber quando o indivíduo está fazendo dieta.
  1. As folhas são usadas no tratamento de febre, hipertensão e doenças estomacais, haja vista que agem como antioxidantes, anti-inflamatórios, diuréticos e calmantes naturais.
  1. Ajuda na prevenção das doenças cardiovasculares;
  1. Combate doenças inflamatórias, como artrite, por exemplo;
  1. Ajuda no tratamento de bronquite e reumatismo;
  1. É altamente eficiente no controle de rugas e acne;
  1. Previne infecções na garganta.

Propriedades da pitanga

Além de ser indicado em dietas, o alimento oferece proteção a inúmeras doenças. Adicionalmente, as unhas e os cabelos também podem se tornar mais saudáveis e resistentes com o consumo diário.

A pitanga possui propriedades tais como antibacteriana, antifúngica, hipoglicemiante, diurética, antifebril, antirreumática, anti-hipertensiva, estimulante e antidiarreica.

Para que serve a folha da pitanga?

As folhas da pitangueira são compostas por propriedades depurativas e digestivas que combatem a diarreia.

As folhas atuam como diuréticos, isso é, eliminam a água do organismo através da urina. Diante disso, para quem sofre com a retenção de líquido, o consumo de folhas de pitanga é uma ótima opção. Em contrapartida, é importante tomar cuidado para não exagerar no consumo do chá e perder líquido demais.

pitanga  benefícios

As folhas também atuam como antioxidantes, conhecidos por bloquearem parte dos danos provocados pelos chamados radicais livres, compostos prejudiciais que danificam o DNA. A logo prazo, o acúmulo pode contribuir com o processo de envelhecimento e com o desenvolvimento de doenças como câncer e artrite, por exemplo.

No que se refere ao tratamento de infecção urinária, sugerimos que o médico seja consultado antes de iniciar a ingestão do chá de pitanga. Não há informações assertivas quando ao uso deste para sanar possíveis doenças do trato urinário.

Acredita-se que o chá de folha de pitanga tenha propriedades relaxantes. Nesse sentido, poderá ajudar a diminuir a ansiedade e compulsão por alimentos, favorecendo assim a perda de peso. Cabe mencionar que o chá deverá ser acompanhado de uma alimentação balanceada e um a prática regular de atividades físicas, já que promove a maximização da queima de calorias.

Em suma, todo o processo deverá contar com o acompanhamento de profissionais capacitados, como nutricionista e professor de educação física para que o resultado seja eficaz e duradouro.

Como fazer chá da folha de pitanga?

O primeiro passo consiste em escolher as melhores folhas para preparar essa bebida. Diferente de algumas frutas que podem ser usadas para fazer o chá, no caso da pitanga, utiliza-se, apenas, as folhas da pitangueira.

Para fazer esse chá, você deverá reservar:

– 3 colheres de folhas de pitangueira;

– 1 litro de água.

Leve a água ao fogo até ferver. Em seguida, desligue e acrescente as folhas de pitanga. Coe e sirva.

O ideal é que o chá seja ingerido logo após o seu preparo, haja vista que um chá costuma preservar substâncias importantes até 24 horas depois do preparo.

Pitanga vitaminas

A pitanga contempla uma boa quantidade de vitaminas e sais minerais, bem como vitamina A, vitamina C, vitamina do complexo B e minerais como cálcio, fósforo, ferro e potássio.

Essa fruta também é conhecida como cereja brasileira e é uma espécie da família Myrtle.

Onde encontrar a pitanga?

Pitangas podem ser encontradas em pomares frutíferos, quintais de casas e em sites que vendem sementes e mudas de plantas. Lembre-se que plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico. Portanto, altas doses de consumo podem ser prejudiciais à saúde.

 Como plantar pitanga?

A pitanga apresenta um cultivo simples, desde que o clima, umidade, temperatura, terra e substrato sejam favoráveis. A pitangueira pode chegar até doze metros de altura e possui uma copa piramidal. Também pode ser plantada, mas saiba que o desenvolvimento poderá ser limitado.

pitanga propriedades

Na época da frutificação, para dar muitos frutos, a árvore deverá estar protegida de ventos fortes, visto que isso poderá derrubar as flores e comprometer a qualidade dos frutos. A incidência de luz solar deverá ser intensa, bem como o calor e umidade relativa no ar. É sabido que a melhor época para plantio é durante o inverno ou meses mais chuvosos, como outubro e novembro.

A terra e os substratos devem se neutros e férteis e a drenagem do solo deverá ser verificada. Ao plantar, faça uma cova na terra com o dobro do tamanho do torrão e pouco mais de 4 centímetros acima de sua altura. No espaço vago, despeja uma quantidade pequena de adubo, misturada com composto orgânico e terra.

Uma vez que a plantação estiver terminada, regue nos dez dias seguintes com cautela para não encharcar a terra. Cabe mencionar que a pitanga poderá ser podada a partir do primeiro ano.

 

Artigos Relacionados:

Benefícios e Propriedades da Pitaya

Benefícios e Propriedades do Sapoti

Benefícios e Propriedades da Mangaba

Benefícios e Propriedades do Maracujá