Benefícios da Pitomba para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

A pitomba é o fruto da pitombeira, árvore que pode atingir mais de 10 metros de altura.

A árvore pode ser encontrada em quase todo o território brasileiro, principalmente na Caatinga, Amazônia, Mata Atlântica e Cerrado. Pode ser encontrada também na Bolívia e no Paraguai.

A frutificação acontece a partir de 5 a 10 anos de idade. Sua planta adulta pode chegar a produzir, em boas condições, aproximadamente 100 cachos, com 10 a 25 unidades cada.

As pitombeiras dão frutos de janeiro a abril, mas na região da Paraíba, elas estão bem carregadas ainda no mês de maio.

Portanto, a pitomba é uma fruta encontrada em regiões amazônicas.

pitomba propriedades

É também conhecida como “olho de boi” e “caruiri”, sendo muito cultivada em estados do nordeste, principalmente em Pernambuco.

A polpa dessa fruta fica protegida por uma casca dura e quebradiça de cor marrom.

Sua polpa é esbranquiçada, suculenta, com um sabor doce e levemente ácido, porém agradável.

Essa fruta pode ser ingerida ao natural ou como licor, não sendo muito utilizada na culinária.

Propriedades da pitomba

A pitomba é uma fruta que possui grande quantidade de sais minerais, entre eles o ferro e o cálcio.

É rica também em vitaminas, principalmente a A e a C, além de proteínas: quando juntas, estas substâncias atuam na prevenção e tratamento de várias doenças.

A pitomba é de acesso fácil, porque pode ser encontrada em feiras livres e supermercados.

Tabela nutricional da pitomba

A cada 100g da fruta, você encontra:

  • Proteínas: 0,4g
  • Cálcio: 15mg
  • Fósforo: 9mg
  • Ferro: 0,8mg
  • Vitamina A: 30mg
  • Vitamina B1: 0,04mg
  • Vitamina B2: 0,04mg
  • Vitamina C: 33mg

Benefícios da pitomba

Com relação à saúde de nosso organismo, a pitomba pode atuar em várias áreas.

Dentre elas, as principais são:

  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Protege o sistema vascular;
  • Atua no desenvolvimento dos ossos;
  • Colabora na formação de hemoglobinas.

Veja agora mais benefícios da pitomba em nosso organismo:

  1. Fortalece o sistema imunológico

Devido à sua grande quantidade de vitamina C, a pitomba pode ser consumida para ajudar o organismo a evitar doenças, tais como gripe e resfriado.

A fruta também beneficia o sistema vascular. Por exemplo, ela evita problemas de saúde como a anemia.

Ainda com relação ao sistema vascular, a pitomba colabora na formação da hemoglobina.

Essa fruta tem também ação antioxidante, combatendo os radicais livres que causam a degeneração das células.

Dessa forma, o envelhecimento precoce da pele é evitado e as rugas diminuem.

  1. Combate os problemas intestinais

A pitomba contém fibras em sua composição, por isso, além de ajudar a digestão dos alimentos, ela pode tratar diarreias graves.

  1. Proteção óssea

Como é rica em cálcio, a fruta atua no fortalecimento e desenvolvimento ósseo.

Além disso, doenças como a osteoporose são evitadas.

  1. Propriedade antioxidante

A pitomba favorece a função glandular. Por exemplo, ela pode ajudar na cicatrização de feridas.

Ela também tem uma ação adstringente, que ajuda na desinfecção dos ferimentos, o que leva à não infecção.

pitomba benefícios

Como consumir a pitomba

Uma das formas mais comuns de consumo é ao natural. Para isso, remova a casca que envolve a polpa.

Outra maneira muito comum de consumir a pitomba é através do preparo do suco.

Veja algumas receitas para colocar a fruta em sua alimentação.

Receitas com pitomba

Suco de pitomba

Ingredientes:

  • 100ml de água filtrada;
  • 8 pitombas;
  • Açúcar ou adoçante a gosto;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

  1. Higienize as frutas e descasque-as;
  2. Com o liquidificador, acrescente as pitombas e o açúcar ou adoçante a gosto;
  3. Bata bem, feito isso, antes de ingerir a recomendação é passar o suco pela peneira.

Fácil, não é mesmo?

Outra receita muito simples de fazer usando a pitomba é preparando seu molho, vamos ver a receita:

Molho de pitomba

Ingredientes:

  • Uma xícara de chá de água;
  • 20 unidades de pitomba;
  • 1 colher de sopa de maionese;
  • 1 unidade de cravo;
  • 1 colher de chá de coentro;
  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 1 pitada de sal.

Modo de preparo:

  1. Descasque a pitomba e coloque-a para cozinhar com a quantidade de água recomendada na receita.
  2. Junto, acrescente o açúcar e o cravo;
  3. Deixe no fogo por uns 10 minutos;
  4. Passado o tempo, desligue o fogo e deixe esfriar por uma hora;
  5. Com a ajuda de uma peneira, passe toda a mistura, esfregando o caroço, para retirar o máximo de polpa possível;
  6. Acrescente a maionese, o sal e o coentro picadinho.

A dica é servi-lo gelado.

pitomba

Caipiroska de pitomba

Ingredientes:

  • 1 lata de leite condensado
  • 6 a 8 pitombas descascadas
  • Açúcar a gosto
  • Gelo
  • Vodka

Modo de preparo:

  1. Coloque as pitombas e o açúcar em uma coqueteleira
  2. Bata até obter um creme homogêneo
  3. Acrescente a vodka e por último o gelo.

Outras utilidades relacionadas à pitomba e à pitombeira

  1. Recuperação de áreas degradadas

A pitombeira pode ser usada na recuperação de áreas degradadas, graças ao fato de servir de alimentação, para diversas espécies de aves.

  1. Combate ao apodrecimento do couro

Devido à presença de tanino em sua composição, as folhas da pitomba são usadas para impedir que o couro apodreça ao ser curtido.

  1. Combate a fungos e carunchos em plantações

Uma proteína presente na pitomba promete ser eficiente para combater fungos e carunchos em plantações de cana-de-açúcar e café, além de grãos de feijão e de soja que ficam estocadas.

  1. Arborização

A árvore da pitomba pode ser utilizada na arborização de parques e praças.

Dicas de como cultivar a pitomba

  • Seu cultivo é fácil e resistente a baixas temperaturas (até – 3ºC) e a secas de até 3 meses ou mais, sem chuva após 2 anos de idade.
  • Começa a frutificar de 2 a 3 anos e pode ser cultivada com sucesso em vasos grandes de 40cm por 50cm de altura.
  • As sementes são arredondadas de cor esbranquiçada (perdem o poder germinativo em 20 a 30 dias).
  • Precisam ser plantadas assim que colhidas em substrato organo-arenoso.
  • A germinação ocorre em 30 a 50 dias, e as mudas atingem 50cm com 8 meses de viveiro.
  • As mudas desenvolvem-se tanto em pleno sol, como na sombra.
  • O espaçamento de plantação das árvores é de 5 x 5m
  • Faça covas quadradas com 50cm nas 3 dimensões e coloque adubo.
  • A melhor época de plantio é de outubro a novembro.
  • Irrigar a cada 15 dias nos primeiros 3 meses, posteriormente apenas caso falte água no período da florada.

 

Artigos Relacionados

Benefícios e Propriedades da Siriguela

Benefícios e Propriedades da Mangaba

Benefícios e Propriedades do Abiu

Benefícios e Propriedades do Umbu

Benefícios e Propriedades da Pitanga

Benefícios e Propriedades do Cajá

Benefícios e Propriedades do Jambo

Benefícios e Propriedades da Cagaita