Benefícios do Manjericão para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

Seu nome científico é Ocimum basilicum, mas todos o conhecem como manjericão, aquele da tradicional cantiga de São João. Com raízes na Índia, Oriente Médio e Região Mediterrânea, essa plantinha de aroma forte é uma herbácea da família das mentas.

Com sabores que variam do amargo, picante ou adocicado e aromas que podem ir do anis e cítrico à canela, o manjericão é um vegetal multifacetado. E com suas propriedades aromáticas e gustativas, é usado na culinária de diversos países, como tempero de massas, guisados, carnes e saladas.

Seu cheirinho inconfundível vem principalmente do óleo essencial Anetol – o mesmo componente do anis. Além disso, o manjericão tem em seu currículo um diferencial de dar inveja: um de seus óleos essenciais, o Linalol, é usado na fabricação de vários perfumes famosos como Ô, de Lancôme.

benefícios do manjericão

O que nem todo mundo sabe é que em alguns países como a Índia, o manjericão é considerado uma planta sagrada. Isso por se acreditar que tem poderes “mágicos”, trazendo energia positiva, harmonia e reconciliação familiar.

Manjericão no Brasil

Também chamado de alfavaca ou basilicão, o manjericão faz muito sucesso como tempero na culinária brasileira, principalmente na comida italiana, onde marca presença nas pizzas, massas e molhos de macarronada. Ao contrário de países asiáticos, por exemplo, que preferem utilizá-lo como complemento para arroz, peixes e sopas.

Tipos de Manjericão

Quem vê (e saboreia) o manjericão na culinária, desconhece que ele possui cerca de 150 variedades, que se diferem levemente quanto a porte, cor (de tons de verde claro a mais escuro) e sabor (doce, canelado, limonado, anisato, canforado ou de cravo).

Entre os mais conhecidos, estão:

  1. Manjericão doce: muito cultivado no Brasil, possui folhas verde-claro e forte aroma.
  2. Manjericão Tailandês: apresenta tons de verde e roxo.
  3. Mediterrâneo: é o tipo mais comum e possui um sabor mais picante.
  4. Asiático: sua cor é bordô escuro e o sabor lembra o cravo.
  5. Manjericão limão: possui leve aroma cítrico, muito usado na cozinha tailandesa.
  6. Manjericão italiano: a espécie mais conhecida no mundo, também muito usado em molhos pesto, saladas e patês.
  7. Aniseto ou manjericão anis (também chamado atroveran): nativo do Brasil, seus óleos essenciais exalam aroma de anis. Utilizado em licores e em chás digestivos.

Propriedades do Manjericão

Além de valorizado como tempero, o manjericão também possui inúmeras propriedades medicinais. Na Grécia Antiga, já era usado como desintoxicante, antisséptico e protetor contra infecções.

Rico nas vitaminas A, B6, C e K, contém ainda diversos minerais, como o Potássio, Manganês, Cobre, Cálcio e Ferro, além das enzimas criptoxantina, luteína e zea-xantina, que combatem os radicais livres e o envelhecimento precoce. Junte-se a isso seu alto índice de gorduras Ômega-3 e betacaroteno e encontraremos, em apenas algumas folhas de manjericão, uma porção de benefícios para a sua saúde.

Essa folhinha saborosa também é rica em óleos essenciais usados mundialmente para fabricar perfumes e remédios:

  • Eugenol (antisséptico)
  • Citronelol (repelente natural)
  • Linalol (fixação de fragrância e efeito anestésico)
  • Citral (flavorizante), limoneno (aromatizante) e terpineol (antioxidante)
  • Estragol (usado em perfumes e como aditivo alimentar para acrescentar sabor)

Benefícios do Manjericão

Para que procurar remédios e tratamentos caros, quando a solução para um problema de saúde pode estar ao nosso alcance, em feiras e supermercados? Com vitaminas, proteínas e enzimas essenciais, o manjericão é muito indicado no tratamento e prevenção de várias doenças.

manjericão propriedades

Manjericão para que serve

1.Com propriedades antioxidantes, combate o crescimento de células cancerosas.

2.Rico em Ferro, auxilia no combate à anemia.

3.Com alto índice de vitamina A, previne o envelhecimento, protege contra problemas de pele e oculares.

4.Com ação diurética, estimula o funcionamento dos rins.

5.Ajuda na digestão e combate a azia e cólicas intestinais.

6.Alivia o stress e a ansiedade.

7.Atua como antibiótico e anti-inflamatório natural.

8.Por conter Potássio, ajuda na prevenção de problemas cardíacos e no controle da pressão arterial.

9.Na amamentação, usado em compressas, ajuda a evitar que os seios fiquem doloridos ou com rachaduras.

10.Poderoso expectorante, é muito usado no tratamento de resfriados, gripes, tosse e amigdalite.

Agora, da próxima vez que alguém perguntar pra que serve o manjericão, pode dizer: para a digestão, para a pele, para gripes e resfriados e para uma infinidade de situações.

Manjericão: Como Usar

De aroma forte e sabor inconfundível, o manjericão dá um toque especial a diversos pratos, além de fazer bem para o organismo. E existem diversas formas de utilizá-lo.

– Na culinária: em sopas, legumes, peixes e massas e como o principal ingrediente do molho pesto.

– Em dietas de baixa caloria: um dos componentes do suco verde, de propriedades terapêuticas e emagrecedoras.

– Em xaropes e chás: junto com mel e agrião, alivia as dores de garganta e fortalece o sistema imunológico.

– Em banhos medicinais: ajuda a relaxar e ter uma boa noite de sono.

Escolha a sua maneira de usar o manjericão e aproveite todos os benefícios que ele traz para sua vida.

Chá de Manjericão emagrece?

Você já deve ter ouvido falar dos benefícios do chá de manjericão, tanto como expectorante quanto para aliviar as náuseas e regular o ciclo menstrual. Mas será que esse chá também ajuda a emagrecer?

A resposta está em sua composição. Para começar, ele tem efeito diurético e desintoxicante, ajudando o organismo a eliminar toxinas. Além disso, ele possui baixa caloria, podendo ser consumido sem medo.  Assim, aliado a uma dieta equilibrada, o chá de manjericão pode auxiliar na perde de peso.

Como preparar:

-01 caneca de água

-10 folhas de manjericão.

– Leve a água ao fogo

– Quando alcançar fervura, jogue sobre ela as folhas de manjericão

– Tampe e deixe repousar por cerca de 10 min

propriedades do manjericão

Manjericão: Banho de Saúde

Outra maneira de aproveitar as propriedades curativas do manjericão é com um bom banho morno. Ferva várias folhas do vegetal e use numa banheira ou jogue sobre o corpo da cabeça para baixo. Além de perfumado e relaxante, acredita-se que o banho de manjericão ajuda a energizar e afastar a negatividade de sua vida.

Manjericão: Receitas Saborosas e Saudáveis

Combine o valor condimentar do manjericão com suas propriedades terapêuticas preparando receitas saudáveis e saborosas ao mesmo tempo. Selecionamos aqui 02 receitas fáceis de fazer, práticas e deliciosas.

Pesto de Manjericão – Molho

O manjericão é a estrela do molho pesto, conhecido no mundo todo. Por isso, esta é uma das receitas que você precisa incluir no seu “caderninho”.

Ingredientes:

– Folhas de manjericão fresco

– 02 dentes de alho

– 03 colheres (de chá) de nozes sem casca (ou amêndoa torrada)

– 100 g de queijo parmesão ralado

– ½ colher (chá) de azeite

manjericão

– Pimenta branca a gosto

– Sal a gosto

Como preparar:

– Num recipiente, amasse um dente de alho temperado com pitada de sal.

– Junte as folhas de manjericão (01 tigela) e as amêndoas ou nozes e triture.

– Depois de formar uma pasta, adicione azeite e pimenta branca a gosto.

– O Molho Pesto é muito indicado no acompanhamento de massas, como tempero de saladas ou como entrada com torradinhas.

Receita Tomate com Creme de Manjericão

Ingredientes:

– 05 tomates caqui

– 01 cx de creme de leite

– Folhas de manjericão fresco e picado

– 250 g de queijo parmesão (ralado)

– Fatias de pão torrado

– Sal e pimenta a gosto

Como preparar:

– Corte os tomates, tirando a pele e as sementes, pique em pedacinhos.

– Tempere com sal, pimenta e folhinhas de manjericão.

– Em 01 pirex untado com azeite, coloque as torradas.

– Coloque sobre as torradas os tomates temperados.

– Misture o conteúdo de 1 cx de creme de leite com sal, pimenta e o queijo parmesão.

– Despeje essa mistura sobre os tomates e leve ao forno até começar a borbulhar.

Dica: para preservar as propriedades e o sabor do manjericão, use-o apenas no toque final do prato, pois o cozimento prolongado pode causar a evaporação de seus nutrientes e alterar seu sabor.

Manjericão: Como Plantar

O manjericão é uma erva perene, ou seja, viceja o ano inteiro e é muito fácil de plantar e cultivar. Tanto que você pode fazê-lo em uma horta no quintal, jardim ou varanda para colher direto do pé, sempre que desejar.

Antes de aprender como plantar manjericão, preste atenção às peculiaridades da planta:

Clima – O manjericão se dá melhor em clima subtropical que é quente e úmido, não sendo resistente a geadas.

Sol – O manjericão gosta e precisa de luz solar para florescer de forma saudável.

Solo – Esse vegetal deve ser plantado em solo fértil, rico em matéria orgânica, úmida (mas não encharcada).

Manutenção – Para que ele cresça bem, corte suas flores regularmente, pois elas retiram muitos nutrientes da planta.

Uma boa ideia é utilizar sementeiras como fase intermediária antes de plantar no solo ou vaso definitivo. Veja como fazer:

  1. Coloque a terra adubada na sementeira com 5 a 10 cm de altura.
  2. Faça furos na terra e plante as sementes com cerca de 2 cm de profundidade, depositando duas ou três sementes em cada um.
  3. Cubra com terra e regue a cada dois dias.
  4. O local do plantio deve receber pelo menos quatro horas diárias de sol, pois o manjericão necessita de luz natural.
  5. As plântulas surgirão entre 5 a 15 dias depois do plantio, devendo ser transplantadas para o local definitivo.
  6. As primeiras folhas devem ser colhidas cerca de 60 dias após o plantio.

Manjericão Benefícios e Malefícios

Já sabemos que o manjericão é excelente como antioxidante, antibiótico natural, expectorante, entre outros benefícios. Mas como todo alimento há algumas situações em que deve ser evitado.

– Não é recomendável consumir durante a gravidez.

– Deve ser evitado por quem tem diabetes, hipertensão, trombose ou que sofrem de epilepsia.

– Algumas pessoas podem ser alérgicas a seus óleos essenciais.

-O excesso de manjericão pode causar distúrbios gastrointestinais e também inflamação das mucosas.

 

Artigos Relacionados:

Benefícios e Propriedades da Salsa

Benefícios e Propriedades da Cebolinha

Benefícios e Propriedades da Cebola

Benefícios e Propriedades da Abobrinha

Benefícios e Propriedades do Coentro

Benefícios e Propriedades da Beringela