Benefícios da Granola para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

A Granola é um dos alimentos mais populares quando pensamos em alimentação saudável. Ela é prática, saborosa, nutritiva e tem um preço bastante acessível.

Normalmente, ela é composta por aveia e outros cereais, castanhas, frutas secas, alguma fonte de gordura e açúcar, mel ou melado para adoçar. Pode ainda conter outros tipos de oleaginosas, chocolate, dentre outros.

No mercado, é possível encontrar opções zero açúcar, light, com coco, com chocolate, com apenas um tipo de fruta, com várias, dentre outros. Você pode escolher aquele que se adapta melhor às suas necessidades nutricionais e ao seu gosto.

propriedades da granola

Neste artigo, iremos falar sobre seus benefícios, malefícios, propriedades, valores nutricionais, possíveis acompanhamentos e todas as outras informações que você precisa saber para incluir esse alimento em sua dieta.

Mas afinal, a granola serve pra que?

Granola para que serve

Este é um alimento normalmente consumido no café da manhã ou em lanches entre as principais refeições. Ela serve, principalmente para dar energia de uma maneira saudável, rápida e mais nutritiva.

Propriedades da granola

Aqui estão algumas de suas principais propriedades:

  • Rica em fibras solúveis;
  • Fonte de energia rápida;
  • Fonte de nutrientes, como ferro, cálcio, magnésio, potássio, vitaminas e zinco.

Granola benefícios e malefícios

Vamos entender quais são os principais benefícios e malefícios que o consumo desse alimento pode trazer para o organismo, a saúde e a perda de peso:

granola propriedades

Benefícios da granola

Alto teor de fibras: por ser rica em cereais como a aveia, um dos principais benefícios que ela nos traz é o de possuir uma grande quantidade de fibras. Isso ajuda a melhorar o funcionamento do intestino, acelerando o processo de emagrecimento e diminuindo a sensação de inchaço.

Além disso, as fibras também ajudam o corpo no processo de eliminação das gorduras ingeridas. E, por último, ainda ajudam a baixar os níveis de colesterol ruim do sangue.

Rica em gorduras boas: se engana quem pensa que uma dieta saudável é aquela completamente livre de gordura. Essa substância é extremamente importante para o funcionamento do nosso organismo.

As gorduras provenientes das oleaginosas, por exemplo, são extremamente benéficas para a saúde do coração. Além disso, junto com as fibras, elas ajudam a dar ainda mais saciedade e diminuir a fome, promovendo o emagrecimento.

Fonte de energia: por ser bastante calórica, ela é considerada uma ótima fonte de energia. Você ganha mais disposição e ânimo para as tarefas do dia a dia e para os exercícios físicos.

Nutritiva: além de todos os benefícios citados acima, dependendo dos ingredientes utilizados em sua composição, este ainda costuma ser um alimento altamente nutritivo.

Prática: por se tratar de um alimento seco, a granola é muito prática para quem tem um dia a dia corrido e faz as refeições fora de casa. Ela pode ser facilmente transportada em um potinho dentro da bolsa, pois não é perecível.

Malefícios da granola

Mesmo sendo considerada como um alimento extremamente saudável, ela também pode trazer malefícios para a saúde dependendo da sua composição e da forma como for consumida.

Seu grande malefício está ligado ao fato de ser bastante calórica. Isso não é um problema quando é consumida de forma moderada, em pequenas porções. Porém, muitas pessoas que desejam emagrecer acreditam que podem consumi-la em grandes quantidades apenas por ser saudável. E aí acaba acontecendo o efeito contrário ao desejado: elas acabam ganhando peso.

Mas afinal, qual é a sua composição nutricional? Vamos conhecer a seguir!

benefícios da granola

Tabela nutricional granola

Não existe uma fórmula ou receita única para a sua composição. Por conta disso, sua tabela nutricional pode variar bastante. A tabela a seguir refere-se a uma receita tradicional, que leva aveia, castanhas e mel em sua composição, e a uma porção de ½ xícara.

  • Calorias:148 kcal
  • Carboidratos:27g
  • Proteínas: 4,2g
  • Gorduras totais: 2,5g
  • Gorduras saturadas: 0,4g
  • Gorduras trans: 0g
  • Colesterol: 0mg
  • Fibra: 3,3g
  • Sódio: 130mg

Granola como comer

Já vimos quais são os benefícios, malefícios, propriedades e a tabela nutricional da granola. Mas afinal, como incluí-la na alimentação no dia a dia? É disso que iremos falar a seguir.

Esse é um alimento bastante versátil, e que pode ser consumido em diferentes momentos do dia, principalmente no café da manhã e no lanche da tarde. Conheça algumas opções de acompanhamento:

Granola com banana e outras frutas

As frutas são uma das melhores opções de acompanhamentos. Isso porque elas são bastante nutritivas, acessíveis e saborosas, tornando a refeição ainda mais completa.

Uma das frutas mais recomendadas é a banana. Ela é rica em potássio, em fibras e ainda auxilia no processo digestivo. O ideal é consumir uma banana para cada porção do cereal.

Outras boas opções de frutas são morango, mamão, amora, framboesa. Você pode escolher apenas uma delas ou então misturá-las. Uma boa ideia é ir sempre variando as escolhas para ter diferentes nutrientes.

Granola com leite

Uma de suas principais características é que esse é um alimento bastante seco. Algumas pessoas gostam de consumi-la assim, já outras preferem misturá-la a algum tipo de líquido. O leite é uma ótima escolha para isso. Ele é rico em cálcio e em proteínas, tornando o lanche ainda mais saudável.

Para pessoas intolerantes à lactose ou veganas, há ainda as opções de leites vegetais, que podem ser tanto os industrializados quanto os feitos em casa. Os leites de soja, aveia, coco e amêndoas são alguns exemplos que ficam ótimos com a granola.

Iogurte com granola benefícios

Além do leite, outra boa opção saudável e saborosa para se misturar é o iogurte. Ele é rico em proteínas e tem uma consistência que costuma agradar, além de dar saciedade e ajudar a regular o trânsito intestinal.

O ideal é optar pelas versões naturais, sem açúcares, adoçantes ou corantes. Para quem está tentando perder peso, o mais recomendado é o desnatado.

granola benefícios

Granola com sementes

Para turbinar ainda mais os benefícios que o consumo desse alimento pode trazer, uma boa ideia é acrescentar sementes funcionais à mistura. Algumas opções são a chia, a linhaça e a semente de girassol. Elas são ricas em fibras, gorduras boas e nutrientes, e ainda ajudam a dar saciedade.

Granola com açaí

O açaí é uma fruta extremamente saborosa e nutritiva, e que combina muito. No entanto, ele também é bastante calórico, por isso as porções devem ser pequenas. Combina-los com morango e banana também é uma boa opção.

Receitas com granola

Se engana quem pensa que as opções para o consumo desse alimento param nas misturas citadas acima. Além de todas essas ideias, você ainda pode utilizá-la para preparar algumas receitas, como por exermplo:

  • Barrinhas de cereal; com uvas passas, sementes e óleo vegetal;
  • Cookies funcionais, utilizando-a como base e acrescentando gotas de chocolate 70% cacau ou mais;
  • Bolos saudáveis e fit, com banana e mel;

Esses são apenas alguns exemplos. Utilizando a imaginação, você pode criar suas próprias receitas e encontrar novas maneiras de utilizá-la e aproveitar todos os seus benefícios.

Granola benefícios musculação

Para pessoas que praticam musculação ou qualquer outro tipo de exercício físico como corrida, dança ou luta, este pode ser um excelente alimento para se incluir na dieta.

O principal benefício que ela traz para os praticantes de atividade física é o de proporcionar energia imediata para o corpo, melhorando assim o rendimento no treino. Por isso, o recomendado é consumir a granola como um lanche pré-treino, cerca de meia hora antes de iniciar os exercícios.

Ela também pode ser consumida no lanche pós-treino, para recuperar as energias. Porém, nesse caso, o ideal é acrescentar uma fonte de proteína para potencializar os efeitos da musculação.

Granola engorda ou emagrece?

A resposta é: depende. Isso porque são diversos os fatores que podem fazer com que ela ajude ou atrapalhe a sua dieta. Os ingredientes usados em sua composição, as quantidades de açúcar, de gordura, o tamanho das porções consumidas e os acompanhamentos adicionados.

Para ajudar no emagrecimento, a sua granola deve ter as seguintes características:

  • Ser produzida com cereais ricos em fibra, como os flocos de aveia. Isso faz com que ela ajude a aumentar a saciedade e regular o funcionamento do intestino;
  • Não conter excesso de açúcar. O ideal é que ela seja adoçada com mel ou melado, que são opções muito mais saudáveis;
  • Possuir oleaginosas em sua composição, como a castanha-do-pará. Elas são ricas em gorduras boas, que ajudam a promover a saciedade e controlar a fome por mais tempo.
  • Não possuir excesso de gordura, caso contrário, a quantidade de calorias será muito elevada;
  • Ser consumida em pequenas porções. Este é um alimento bastante calórico e energético, portanto, mesmo sendo saudável, não se deve comer demais de uma vez só. Da mesma forma, o ideal é consumi-la apenas uma vez ao dia, preferencialmente pela manhã ou antes de treinar. Evite consumi-la à noite.
  • Ser acompanhada por frutas, iogurte ou leite. Essas são boas opções de acompanhamento, que ajudam a aumentar os nutrientes e balancear a refeição.

A granola emagrece se você souber escolher uma boa opção e consumi-la da maneira certa. Dessa forma, ela pode ser uma excelente aliada na perda daqueles quilinhos extras. E o melhor de tudo: com muito sabor e sem passar fome!

 

Artigos Relacionados

Benefícios e Propriedades da Amêndoa

Benefícios e Propriedades da Noz

Benefícios e Propriedades do Mirtilo

Benefícios e Propriedades do Amendoim

Benefícios e Propriedades do Guaraná

Benefícios e Propriedades da Chia

Benefícios e Propriedades do Açaí