Benefícios do Caqui para a saúde

O caqui é o fruto do caquizeiro, árvore que possui madeira nobre como o ébano e outras usadas para fins paisagísticos.

Esta fruta tem sua origem na China, onde seu cultivo é enorme, assim como em países como Japão e a Coréia do Sul. No Brasil, ele foi introduzido por volta do ano de 1890, em São Paulo, e se expandiu a partir de 1920, com a imigração japonesa.

As regiões Sul e Sudeste são as maiores produtoras, seguidas pelo Paraná e pelo Rio Grande do Sul.

O estado de São Paulo tem uma produção relevante em importância econômica e seus quase 1 milhão de pés produzem em torno de 87 mil toneladas de caquis por ano.

caqui propriedades

Espécies cultivadas no Brasil

O caqui é formado por bagas grandes e doces, cujas cores variam do vermelho ao amarelado.

É uma fruta rica em pectina, amido, açúcares, com um alto nível de vitamina A e baixo teor de ácidos.

No Brasil, existem 3 grupos de caqui, classificados quanto à adstringência e cor da polpa:

  1. Sibigaki (tipo taninoso)

Seus frutos têm polpa sempre taninosa e de cor amarela, independente da presença ou não de sementes.

Estes frutos precisam de tratamento pós colheita com etileno, gás carbônico ou etanol, para retirar o tanino e se tornarem prontos para o consumo.

  1. Amagaki (tipo doce)

Sua polpa é amarela e não dispõe de tanino, contendo ou não sementes.

Também são chamados de caqui doce, ou ainda de chocolate branco.

  1. Variável

Apresentam polpa amarela e rica em tanino, sendo preciso destanização para o consumo.

Porém, quando ocorre polinização, há formação de sementes e a polpa se apresenta escura, com uma coloração amarronzada e sem tanino, estando apta para ser consumida na colheita.

Propriedades nutricionais do caqui

O caqui tem uma aparência semelhante ao tomate, porém com um sabor doce e suave.

A fruta não está entre as mais populares, mas está ganhando destaque devido às suas propriedades.

Quando está maduro, o caqui é rico em nutrientes como proteínas, fibras, vitamina A, vitamina do complexo B, vitamina C, vitamina K, cálcio, manganês, fósforo e potássio.

A cada 100g da fruta encontramos:

  • Energia: 70 calorias;
  • Carboidratos: 18,59g;
  • Açúcar: 12,53g
  • Fibra alimentar: 3,6g
  • Gorduras: 0,19g
  • Proteínas: 0,58g
  • Vitamina A: 81mg
  • Vitamina B1: 0,03mg
  • Vitamina B2: 0,02mg
  • Vitamina B3: 0,1mg
  • Vitamina B6: 0,1mg
  • Vitamina C: 7,5mg
  • Cálcio: 8mg
  • Ferro: 0,15mg
  • Fósforo: 17mg
  • Potássio: 161mg

caqui benefícios

Benefícios do caqui

  1. Perda de peso

Como esta fruta é fonte de fibras e composta por uma boa quantidade de água, o caqui contribui com a promoção da sensação de saciedade ao organismo, daí emagrecer.

Porém, devemos nos lembrar que o caqui tem um alto teor de açúcar: são 12,33g a cada 100g.

Devido a isso, a melhor opção para aproveitá-lo bem é consumi-lo antes de uma sessão de treinamento, o que fará com que o açúcar se transforme em energia, que será gasta pelo corpo durante os exercícios.

  1. Saúde dos olhos

Outra propriedade do caqui, consiste em proteger a saúde dos olhos.

Isto porque ele contém luteína, que já foi comprovada como substância capaz de melhorar e manter a visão.

Ele age na retina, controlando a degeneração macular e prevenindo a catarata.

Mas os benefícios do caqui vão além, pois ele é fonte das vitaminas A, C e K, que têm propriedades antioxidante e protegem contra danos na retina.

Enfim, as substâncias contidas no sangue diminuem os danos causados pela radiação ultravioleta e reduzem as rugas que surgem na pele que fica ao redor dos olhos.

  1. Sistema digestivo

Lembre-se que o caqui contém fibras e elas ajudam no processo digestivo.

As fibras facilitam a passagem das fezes, combatem a prisão de ventre e infecções anais, além de ajudarem no tratamento do câncer de cólon.

  1. Combate os radicais livres

As substâncias citadas no item 2 também possuem ação antioxidantes, que protegem o organismo da ação dos radicais livres que causam danos às células e são responsáveis pelo desenvolvimento de um câncer.

  1. Previne o envelhecimento

Os radicais livres ocasionam um envelhecimento mais rápido e precoce, existem substâncias do caqui que o combatem.

Podemos afirmar que a proteção contra o envelhecimento precoce é um dos principais benefícios do caqui.

As vitaminas A, C e K cuidam da pele, mantendo-a saudável e reduzindo o aparecimento das rugas que acompanham o avanço da idade.

  1. Saúde do coração

O caqui é rico em potássio, um nutriente que expande os vasos sanguíneos e relaxa os músculos, isso promove o controle da pressão arterial.

Outro item importante é o fato de o caqui ser rico em água e pobre em gordura, fazendo com que ele colabore com bons níveis de colesterol.

  1. Efeito diurético

Para quem tem problemas com a retenção de líquidos, o caqui é uma ótima opção, pois possui efeito diurético, estimulando a urina sem causar a falta de potássio, algo que pode ocorrer com o uso de medicamentos diuréticos.

Dicas para escolher e armazenar o caqui

Quando você for comprar o caqui, escolha por aquela que tenha uma coloração profunda, com pele lisa, brilhante e parruda.

Portanto, não leve caqui que estejam manchados ou com a pele rachada. No entanto, se os caquis não estiverem maduros, você pode posicioná-los em cima de um saco de papel, à temperatura ambiente, estimulando seu amadurecimento.

caqui

Porém, assim que eles ficarem bons para comer, o recomendado é guardar na geladeira e consumir o mais rápido que possível

Malefícios do caqui

Como vimos no início do artigo, o caqui oferece muitos benefícios, mas pode trazer efeitos que não são nada bons.

O caqui possui altas doses de tanino, uma substância que pode trazer efeitos tóxicos ao organismo, já que pode influenciar a absorção de nutrientes.

Então, exagerar no com consumo dessa fruta não é uma boa ideia.

Outro efeito ruim da fruta é que, comê-la de estômago vazio pode provocar diarreia.

Além disso, os pacientes com diabete devem tomar cuidado especial por conta do alto teor açúcar que a fruta possui, o que pode elevar o nível de açúcar no sangue.

Depois de tantas informações sobre os benefícios do caqui, precisamos inclui-lo na nossa dieta.

Por isso, passaremos algumas receitas simples, fáceis de se fazer, contendo o caqui.

Receitas com caqui

Mousse de caqui

Ingredientes:

  • 250g de caqui mole, sem casca
  • 395g de leite condensado (1 lata)
  • 395g de creme de leite
  • 2 folhas de gelatina sem sabor (o uso é opcional, caso queira mais cremosa, faça sem ela)

Modo de preparo:

  1. Se optar pela gelatina, deixe-a de molho em água fria e dissolva como manda a embalagem.
  2. Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata por cerca de 5 minutos.
  3. Despeje em um refratário se for sem a gelatina.
  4. Se for com a gelatina, pode colocar em uma forma de buraco no meio e colocar na geladeira.
  5. Espere pelo menos 4 horas para servir.

Bem simples, não é?

Bolo de caqui

Ingredientes:

  • 2 colheres de chá de bicarbonato de sódio;
  • 3 xícaras de polpa de caquis;
  • ½ xícara de manteiga em temperatura ambiente;
  • 1 1/3 xícara de açúcar;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de chá de suco de limão;
  • 2 colheres de chá de essência de baunilha;
  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 1 colher de chá de fermento em pó;
  • ½ colher de chá de sal;
  • ½ colher de chá de cravo moído;
  • 1 colher de chá de canela moída;
  • ½ colher de chá de nozes picadas;
  • ½ xícara de passas.

Modo de preparo

  1. Forno pré-aquecido em temperatura média;
  2. Unte e esfarinhe uma forma com furo central;
  3. Processar a polpa dos caquis com o bicarbonato de sódio e reserve;
  4. Em uma tigela grande (ou na batedeira) bata a manteiga com o açúcar até ficar claro;
  5. Adicione os ovos, suco de limão e a essência de baunilha e bata até ficar fofo;
  6. Junte a mistura de caqui e bata até incorporar;
  7. Peneire a farinha, o fermento, sal, cravo e a noz moscada;
  8. Adicione tudo à mistura de caqui e bata até ficar homogênea;
  9. Junte as nozes e as passas e misture com uma espátula;
  • Coloque na forma preparada e asse por 50-60 minutos;
  • Deixe esfriar na forma por uns 15 minutos antes de tirar da forma;
  • Esperar esfriar bem e depois servir.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você.

Se gostou dele, que tal compartilhá-lo com os amigos?

 

Artigos Relacionados

Benefícios e Propriedades da Romã

Benefícios e Propriedades da Pitaya

Benefícios e Propriedades do Quiuí

Benefícios e Propriedades da Lichia

Benefícios e Propriedades do Pomelo

Benefícios e Propriedades do Mangostão

Benefícios e Propriedades da Toranja

Benefícios e Propriedades da Carambola

Benefícios e Propriedades do Marmelo

Benefícios e Propriedades do Abacate

Benefícios e Propriedades do Maracujá

Benefícios e Propriedades da Manga

Benefícios e Propriedades da Pera

Benefícios e Propriedades do Damasco

Benefícios e Propriedades da Jaca

Benefícios e Propriedades do Tomate

Benefícios e Propriedades da Nectarina

Benefícios e Propriedades do Longan