Benefícios do Cará para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

O cará é um tubérculo originário da África e trazido ao Brasil pelos escravos africanos. O cará planta se desenvolve em regiões quentes e úmidas e se adaptou bem ao clima do nosso país.

Do mesmo grupo da mandioca e do inhame, o cará possui casca marrom escura coberta com fibras finas. Existem diversas variedades de cará. A mais encontrada e consumida possui polpa fibrosa branca ou amarelada. A variedade de cará roxo também é bastante cultivada e consumida na região Norte do país.

É um alimento rico em carboidratos, vitaminas do complexo B, principalmente B5 (Niacina), B1(tiamina), B2 (Riboflavina), B6 (Piridoxina), fibras solúveis e sais minerais que estimulam o apetite e auxiliam no processo digestivo. Como o cará é um alimento altamente energético e rico em carboidratos, deve ser consumido com cautela por pessoas que querem emagrecer, pois possui um número alto de calorias.

benefícios do cará

O cará é um alimento muito consumido no Norte e Nordeste do Brasil em forma de cozidos, refogados e acompanhado com carnes. Na cozinha, ele pode ser um substituto da batata, uma vez que tem praticamente a mesma textura e pode ser preparado da mesma forma.

O nome do cará na língua espanhola é “ñame”, por esse motivo é bastante confundido com o inhame, que apesar de parecidos, cará e inhame possuem propriedades diferentes.

Inhame Cará

É comum o Inhame e o Cará serem confundidos e chamados como se fossem o mesmo alimento, mas embora parecidos, possuem propriedades nutricionais diferentes. O inhame pertence à família Dioscoreaceae, a qual tem nove gêneros e cerca de 900 espécies. Apesar de tantas espécies, apenas 90 servem para alimentação humana e o Cará é uma delas.

Apesar de serem de espécies diferentes, os dois tubérculos possuem diversas similaridades. Os dois são fonte de carboidrato e fornecem bastante energia. Quando consumido em excesso, o Cará Inhame engorda e deve ser evitado por quem deseja emagrecer e está seguindo uma dieta com restrição calórica.

Além da semelhança, esses dois tubérculos têm denominações diferentes e até contrárias, dependendo da região do país. Até as línguas estrangeiras contribuem para que haja essa confusão, já que cará, na língua espanhola, é “ñame”.

Cará Inhame Benefícios

Cará e Inhame são dois tubérculos com aparência muito semelhantes. Ricos em amido, fibras e vitaminas do grupo B, ambos têm alto potencial energético, são de fácil digestão e geram saciedade, porém possuem diferenças quanto à presença de fitoquímicos, propriedades terapêuticas e seus usos na culinária.

Quando comparados em calorias, proteínas e carboidratos, o Cará e o Inhame possuem praticamente o mesmo valor nutricional. Em quantidade de potássio, mineral que controla a pressão arterial, o inhame tem mais que o dobro do que o cará. Comparando a quantidade de fósforo, no inhame, ela também é maior. Já o cará, possui mais fibras que regulam a absorção de gordura, os níveis de colesterol e melhoram o transito intestinal.

O inhame (Colocasia esculenta), chamado assim na maioria das regiões brasileiras, é uma raiz arredondada com propriedades anti-inflamatória, diurética, energética, tônico do sistema imunológico.

O Cará (Dioscorea alata L.), chamado no Nordeste de Inhame, também conhecido como inhame-cará, cará-mimoso, inhame-da-china, inhame selvagem, tem a polpa branca ou amarelada e depois de cozido apresenta uma consistência firme, ideal para o preparo de purês, pães, bolos, sopas, cremes e acompanhamento de carnes.

Propriedades do Cará

O cará é um tubérculo rico em carboidratos, vitaminas do Complexo B, como vitamina B1 (Tiamina), B2 (Riboflavina), B5 (Niacina) e B6 (Piridoxina), e fibras solúveis. Dentre os benefícios do cará estão a regulação do metabolismo, estimulação do apetite e do crescimento e auxiliar no processo digestivo.

1.Ajuda a regular o metabolismo

O Cará é um tônico do sistema imunológico. Como é rico em vitaminas do complexo B, dá energia ao organismo e ajuda a reduzir o estresse físico e mental. As vitaminas do complexo B também estimulam o apetite e auxiliam no crescimento.

2.Melhora a digestão

O Cará é rico em fibras que melhoram o trânsito intestinal, além de diminuir a absorção de gorduras e melhorar os níveis de colesterol.

3.Auxilia na saúde da pele e cabelos

Por regular o metabolismo, o consumo do Cará acaba sendo fundamental para a boa saúde da pele e dos cabelos, pois fornece os nutrientes necessários para seu desenvolvimento saudável.

4.Melhora o sistema imunológico

Por ser rico em vitaminas, o consumo de Cará age como fortalecedor das defesas do organismo e auxilia na prevenção e tratamento de gripes, resfriados e patologias como um todo, atuando na melhora do sistema imunológico.

5.Ação antioxidante

O Cará é rico em vitamina B6 e B2, que melhoram o metabolismo e o funcionamento do sistema nervoso. Além disso, possui ação antioxidante, que protege o organismo da ação dos radicais livres.

6.Ajuda a tratar a dengue

Por possuir nutrientes que fortalecem as defesas do organismo, o Cará é benéfico no tratamento da dengue, auxiliando na redução dos sintomas.

Como preparar Cará

Ao comprar o Cará, escolha aqueles que estiverem mais firmes. Pequenas lesões na casca podem ser retiradas durante o descascamento sem prejudicar a parte interna, porém evite aqueles muito machucados para não perder muito o alimento.

O cará é quase sempre consumido cozido, após a retirada da casca. Seu preparo e textura se assemelha à batata e, por esse motivo, seu uso na culinária é basicamente o mesmo, como em sopas, caldos, purês, refogados, pães, bolos, panquecas e tortas.

Receitas com Cará

O Cará é um alimento altamente energético e comumente utilizado na culinária brasileira, em especial na região Norte e Nordeste do país. Seus usos na culinária são os mais variados e pode ser usado como substituto da batata em diversas preparações.

Algumas receitas que se utilizam desse tubérculo são: sopa de cará, escondidinho de cará, refogado de cará, purê de cará, coxinha de cará, panqueca, entre outros. Com o cará cru, pode-se preparar deliciosos sucos.

Suco de cará tradicional

Ingredientes

  • 1 xícara de cará descascado e cortado em cubos
  • 500 ml de água ou água de coco
  • ½ suco de limão

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Adoce com mel com adoçante. Não é necessário coar.

Suco verde com cará

Ingredientes

  • 2 Folhas de couve
  • 500 ml de água
  • 1 Cenoura
  • 2 Maçãs
  • 1 Pedaço médio de gengibre
  • 5 Folhas de alface
  • 2 carás pequenos crus e descascados

Modo de fazer

Corte todos os ingredientes em pedaços pequenos e bata tudo no liquidificador junto com a água.

Cará Cozido

Ingredientes

  • 4 carás
  • ½ cebola picada
  • ½ pimentão pequeno picado
  • 1 tomate sem semente picado
  • Sal, colorau e salsinha

Modo de preparo

Descasque e pique os carás. Em uma panela, coloque a cebola, pimentão, tomate e um fio de óleo para fritar.

Acrescente os carás picados, água e o sal e cozinhe até ficar macios, acrescente salsinha à gosto.

Cará do ar

O cará do ar é uma variação do cará subterrâneo, de aparência diferente, porém com as mesmas propriedades terapêuticas. É uma planta trepadeira em cujos ramos desenvolvem-se tubérculos comestíveis. Seu uso culinário é diferente, não sendo indicado para purês, nhoque, pães por sua textura e nem em sucos pois seu sabor é ácido e adstringente. É mais indicado para sopas e refogados.

A dioscorea bulbífera, também chamada de cará-moela por causa do formato que parece uma moela de frango, é originária da África e pouco conhecido no Brasil. Seu cultivo é mais feito de forma doméstica nos quintais do interior. A produção comercial é pequena, sendo raro encontrá-lo no comércio em geral.

O cará do ar é usado em jardins para cobertura de cercas, mas pode ser cultivada também como uma exótica planta ornamental. Essa planta gosta de clima quente, não suporta frio intenso e geadas e se desenvolve bem em qualquer tipo de solo. A melhor época para plantar é no início da estação chuvosa.