Consumo consciente: entenda como e porque mudar seus hábitos

Quando falamos de consumo consciente, não devemos interpretar o assunto apenas como uma tendência dos dias atuais. Primeiramente, é preciso entender que todo e qualquer tipo de consumo traz consequências positivas e negativas, tanto para a sociedade quanto para o meio ambiente.

consumo consciente

Sabe-se que consumimos cerca de 30% mais recursos naturais do que a Terra é capaz de renovar. Se o padrão de produção e consumo continuar no mesmo patamar, em 50 anos será preciso dois planetas para suprir as necessidades de água, energia e alimento da população.

É por isso que a busca por produtos e serviços ecologicamente corretos, a economia de recursos, a utilização dos bens até o fim de sua vida útil e a reciclagem dos materiais devem ser vistos como um hábito a ser adotado pelos governos, pela economia e pela sociedade, não só hoje, mas com o objetivo de se tornar um legado de valores para as gerações futuras.

O que é Consumo consciente

Consumo consciente é, basicamente, o ato de consumir de forma sustentável, ou seja, preocupando-se com as origens dos processos de fabricação e seus impactos ambientais, desde a extração da matéria-prima até o descarte final, com a redução da produção de lixo, com a diminuição do desperdício de água e energia e estando atentos às nossas escolhas.

o que é consumo consciente

O consumidor consciente é aquele que busca minimizar os impactos negativos das suas preferências de consumo e maximizar os positivos através de atitudes que visam a transformação do seu meio de vida, da sociedade e do meio ambiente.

Consumo consciente e Sustentabilidade

Ser um consumidor consciente é entender que nossas escolhas terão consequências sociais e ambientais. É importante que haja um equilíbrio entre a necessidade e a sustentabilidade, basta que estejamos atentos à forma como consumimos.

Uma das consequências do consumo consciente é que, quando optamos por produtos de empresas responsáveis, estamos automaticamente dizendo ao setor produtivo que damos preferência a produtos e serviços que tragam impactos positivos ou reduzam significativamente os impactos negativos da sua produção no meio ambiente.

Dessa forma, transformamos nosso poder de compra em um ato de reconhecimento de boas práticas sustentáveis e incentivamos a criação de iniciativas socioambientais que reduzam a utilização dos recursos naturais e promovam o abandono de práticas nocivas de alto consumo e desperdício.

O conceito dos 3 R’s é muito utilizado na administração pública, mas ele também pode ser aplicado no nosso cotidiano. Sua proposta é apresentar ações práticas que visem estabelecer uma relação mais harmônica entre consumidor e meio ambiente. São elas:

  • Reduzir: diminuir o consumo e analisar a real necessidade de comprar algo novo;
  • Reutilizar: reaproveitar produtos antes de descartá-los;
  • Reciclar: encaminhar para reciclagem tudo o que pode ser reaproveitado.

Veja aqui tudo sobre Sustentabilidade Ambiental.

Impacto ambiental do Consumo consciente

Quando nos referimos à importância do consumo consciente, estamos enfatizando os impactos positivos que ele proporciona na vida cotidiana e na sociedade. Praticar o consumo consciente é fundamental para o desenvolvimento sustentável e para a construção de uma economia que valoriza a redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia.

Consumo consciente da água

Um dos maiores problemas ambientais da atualidade está relacionado ao uso indiscriminado da água. Cerca de 70% do nosso planeta é composto por água, mas apenas 1% está apta para o consumo humano e, desse percentual, a maior parte está destinada para a indústria e agricultura, o uso doméstico é a última preocupação. Além disso, com fatores como a poluição, a má distribuição hídrica e o desperdício, os recursos que temos disponíveis é insuficiente para atender uma boa parte da população mundial.

Assim, praticar o consumo consciente da água é uma atitude inteligente que visa poupar a água potável do planeta e evitar mais escassez no futuro. A ideia não é deixar de usar a água, mas sim adotar medidas para evitar desperdícios. Como indivíduos, podemos diminuir o gasto sempre que pudermos, fazer a captação da água da chuva, reduzir a utilização de produtos que expandem a poluição da água, fechar o registro do chuveiro para se ensaboar, reutilizar a água cinza formada pelo chuveiro e pela máquina de lavar roupas, entre outros.

Outra medida importante de consumo consciente da água é estar atento à pegada hídrica das empresas, ou seja, preocupar-se em conhecer o volume gasto com água dos produtos e serviços que consumimos, optando por escolher a que possui o menor índice de utilização desse recurso. Também devemos ficar atentos às ações e soluções adotadas pela comunidade e pelas empresas em relação ao reuso da água e ao controle de desperdício.

Veja aqui tudo sobre Pegada Hídrica e Reuso de Água.

Consumo consciente financeiro

Falar do consumo consciente de dinheiro está relacionado a fazer a escolha certa, com propósito e responsabilidade. Vivemos em uma sociedade consumista baseada no valor do “ter”, onde o ato de adquirir produtos e serviços se tornou algo banalizado. No entanto, ao optar por adquirir algo, devemos refletir sobre nossas reais necessidades e tentar encontrar o equilíbrio entre a satisfação pessoal e o impacto do consumo no bolso e na sociedade.

O outro lado do consumo consciente financeiro busca estar atento às atitudes que tomamos no nosso dia a dia em relação à economia, recursos, tais como: apagar a luz em ambientes que não estão sendo usados, economizar água e evitar desperdícios desnecessários, optar por produtos que possam ser reciclados, etc. É nosso dever avaliar o impacto de cada compra que fazemos na perspectiva social, ambiental e financeira.

Consumo consciente na moda

Nos últimos anos, o conceito de moda sustentável vem crescendo e se consolidando no mercado. Sua proposta é totalmente contrária ao modelo das fast fashion, pois, busca modificar os hábitos de compras do consumidor produzindo peças com durabilidade e de uso prolongado, além de se preocupar com o meio ambiente em todas as etapas de produção.

Praticar moda consciente é optar por marcas que possuem impacto socioambiental positivo valorizando as condições de trabalho de seus funcionários, utilizando materiais orgânicos e sustentáveis em suas confecções, preocupando-se com a preservação dos recursos essenciais como a água e energia elétrica, usando produtos menos tóxicos e corantes naturais e fazendo reciclagem e reaproveitamento de resíduos.

Exemplos de Consumo consciente

O Instituto Akatu, uma organização não governamental sem fins lucrativos que atua pela mobilização e conscientização da sociedade para o tema, apresenta algumas dicas de consumo consciente que fazem a diferença. São elas:  

  • Planeje suas compras;
  • Avalie os impactos de seu consumo;
  • Consuma apenas o necessário;
  • Reutilize produtos e embalagens;
  • Separe seu lixo;
  • Use crédito conscientemente;
  • Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas;
  • Não compre produtos piratas ou contrabandeados;
  • Contribua para a melhoria de produtos e serviços;
  • Divulgue o consumo consciente;
  • Cobre dos políticos;
  • Reflita sobre seus valores.