Benefícios da Bertalha para a saúde

A bertalha é uma trepadeira originária da Índia e é também conhecida como espinafre-indiano ou caruru-inglês. Essa planta chegou ao continente americano durante a colonização. No Brasil, o consumo da bertalha é mais comum nas regiões Norte e Nordeste do país. Nos Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro, essa hortaliça também é muito apreciada.

São encontradas no Brasil 6 espécies de bertalha, onde as mais conhecidas são a Basella rubra, que apresenta uma floração e caules avermelhados. Entre as propriedades da bertalha dessa variedade está a presença maior de ácido oxálico. A Basella alba também é uma variedade da hortaliça bem conhecida e apresenta os caules e folhas brancas.

As folhas apresentam uma cor verde-escura e possuem um formato pontiagudo. Ela possui um sabor suave e agradável, com uma textura carnosa e suculenta, sendo uma boa opção para substituir o espinafre e a couve.

O consumo ideal é feito com a folha em estado fresco, com um verde bem forte, tenras e sem a presença de manchas. Ao comprar, o ideal é evitar aquelas que possuem as folhas rasgadas, murchas ou amareladas, pois isso indica que já foram colhidas há muito tempo e o sabor ficará alterado ao ser preparada.

benefícios da bertalha

Para uma melhor conservação dessa verdura, o recomendado é que ela seja lavada e colocada em um recipiente plástico, sendo então levada à geladeira por até 3 dias. Se for consumida após esse período de tempo, perderá a sua suculência.

As folhas e os ramos são preparados refogados e, para isso, o ideal é que a quantidade de água usada seja o suficiente apenas para que a bertalha não acabe grudando ao fundo da panela. Dessa forma, as vitaminas e os sais minerais serão melhor conservados durante o cozimento dessa hortaliça.

O uso dessa planta na culinária é feito para o preparo de cozidos, sopas, tortas, omeletes e farofas. Ela também pode ser incluída em saladas verdes, assim como é feito com a couve. Para que ela não acabe cozinhando demais, é preciso que seja colocada por último, dependendo do prato preparado.

As folhas da bertalha são adstringentes e muito ricas em ferro, cálcio, magnésio, potássio, zinco, fósforo e vitamina A, B, B2, B4 e C. A bertalha propriedades nutricionais também incluem emolientes nas folhas e nas raízes, que ajudam a manter a umidade externa.

Na medicina popular, ela é utilizada para o tratamento de problemas oculares, inflamatórios e doenças hepáticas. Ainda segundo a medicina popular, os frutos dessa hortaliça são considerados como afrodisíacos, aumentando o desejo sexual tanto em homens quanto mulheres.

Benefícios da bertalha

A bertalha é uma verdura que ajuda a proteger o corpo da ação dos radicais livres, além de cuidar dos ossos e combater a anemia. O seu consumo também beneficia as gestantes, ajudando a proporcionar um melhor desenvolvimento para o feto. Confira a seguir quais são os benefícios principais da bertalha e como ela age no nosso organismo.

1.Ajuda a combater a anemia

A anemia é basicamente causada pela falta de ferro no organismo em quantidades adequadas, já que isso provoca a queda da produção de células sanguíneas. Isso deixa o organismo mais fraco e pode resultar em sintomas como o cansaço, falta de ar, dores no peito e câimbras.

Por esse motivo, como a bertalha é um alimento rico em ferro, ajuda a reduzir os riscos de desenvolver a anemia, além de tratar quem apresenta essa deficiência. Ela também contém vitamina C, o que ajuda na melhor absorção do ferro pelo organismo.

2.Recomendado para gestantes

Por ser uma fonte de folato (contém cerca de 35% da quantidade ideal para o consumo diário), a bertalha é indicada para as mulheres grávidas. O motivo é porque o folato é uma substância que é fundamental para o crescimento e para a formação do DNA. Quando há falta de folato no organismo da gestante, pode resultar em deficiências no tubo neural do bebê, responsável pelo desenvolvimento do sistema nervoso e coluna vertebral do feto.

3.Ajuda no combate aos radicais livres

A bertalha contém antioxidantes poderosos, que impedem a ação dos radicais livres. Os radicais livres são moléculas tóxicas para o nosso organismo e são responsáveis pelo envelhecimento precoce e também contribui para o surgimento de diversos tipos de doenças, entre elas o câncer.

4.Protege a saúde dos ossos

O cálcio encontrado nas folhas de bertalha são essenciais para a manutenção dos ossos, deixando-os fortes e saudáveis. Por causa disso, o consumo desse alimento ajuda a prevenir o surgimento da osteoporose no futuro. Para as crianças, a ingestão da bertalha contribui para o desenvolvimento muscular e para o crescimento. A verdura bertalha é uma hortaliça que contém magnésio, mineral que ajuda o organismo a absorver o cálcio, que é responsável pelo desenvolvimento dos ossos.

5.Combate problemas no fígado

Como a folha de bertalha apresenta função adstringente e emoliente, o seu consumo auxilia na manutenção da saúde do fígado. Porém, para ser consumida para esse fim, é necessário que tenha um acompanhamento médico.

Malefícios da bertalha

Por ter uma elevada quantidade de ácido oxálico, não é recomendado que a bertalha seja consumida crua, da mesma forma que o espinafre, principalmente por pessoas que apresentam problemas no sistema renal. Para que o ácido oxálico se degrade, é necessário cozinhar bem a bertalha.

Ela também não deve ser congelada após o cozimento para consumo posterior e nem requentada. Isso porque a fermentação dessa planta desenvolve componentes que não são benéficos para a saúde do organismo. Além disso, não é recomendado o consumo dessa hortaliça no início da gravidez, pois traz o risco de causar lesões no feto, por conta do teor de vitamina A.

Bertalha: receitas gostosas e nutritivas

Como a bertalha ou espinafre são alimentos muito parecidos, é possível fazer a substituição entre esses dois ingredientes nas receitas. Confira a seguir duas receitas saborosas usando a bertalha.

Bolinho de bertalha

Esse bolinho é prático e, além disso, é muito saboroso.

Ingredientes

  • 1 folha de bertalha
  • 3 colheres (sopa) de queijo parmesão
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 3 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 xícara (chá) de aveia em flocos finos
  • 1 colher (café) de fermento químico em pó
  • 3 claras de ovos
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Coloque o azeite em um frigideira e refogue o alho e a cebola. Adicione a bertalha e refogue até que ele murche e a água seque.
  2. Após esfriar, coloque em uma tigela, acrescentando os demais ingredientes e mexendo bem, até que se forme uma massa homogênea.
  3. Divida a massa em 15 partes iguais e achate cada uma delas, como se fosse um hambúrguer.
  4. Em seguida, grelhe os bolinhos numa frigideira antiaderente, até dourar ambos os lados. Sirva a seguir.

Bertalha com ovo

O preparo da bertalha com ovo é um prato muito comum e fácil de fazer.

Ingredientes

  • 2 maços de Bertalha
  • 5 ovos
  • 5 dentes de alho
  • 1/2 cebola ralada
  • Sal a gosto
  • Pimenta a gosto

Modo de preparo

  1. Lave os maços de bertalha, remova o talo e pique as folhas em tamanhos grandes com as próprias mãos.
  2. Numa panela, refogue o alho com a cebola. Acrescente a bertalha e, em seguida, o sal e a pimenta. Adicione um pouco de água e deixe cozinhar.
  3. Para finalizar, estale os ovos e misture na panela com a bertalha. Deixe cozinhar e desligue o fogo.

Como plantar bertalha

O cultivo dessa verdura é feito de maneira fácil, já que ela é uma planta rústica e bastante resistente. Por isso, ao invés de precisar se preocupar sobre a bertalha, onde encontrar essa hortaliça, poderá plantar para ter a vantagem de consumi-la fresca.

Porém, apesar de se tratar de uma planta resistente, ela gosta de um solo que esteja bem adubado com o uso de matéria orgânica, como torta de mamona, húmus de minhoca e outros semelhantes. É preciso que o local de plantio seja um solo com boa drenagem pois, em caso de acúmulo de água, as raízes poderão apodrecer.

A semeadura pode ser feita diretamente no local definitivo, a uma profundidade de 5 cm e com espaçamento de 40 cm. Outra forma de plantar é fazer mudas em caixas de germinação. Ela pode ser propagada com o uso de pedaços de ramos, que quando plantados em solos úmidos, acabam enraizando com facilidade. Dependendo da variedade de bertalha cultivada, a trepadeira pode alcançar até 10 metros de comprimento.

Por ser uma planta de clima tropical, o mais indicado é que o cultivo seja feito em regiões quentes e úmidas. O melhor é que o cultivo seja feito em um local que receba a luz direta do sol, mas também pode se desenvolver em um lugar de sombra parcial, contanto que haja uma boa luminosidade.

A irrigação deve ser feita com frequência, mas sempre com o cuidado para não acabar encharcando o solo. É recomendado que o crescimento seja conduzido com o auxílio de suportes, que podem ser através de cercas, estacas ou treliças, por exemplo. A colheita ocorre entre 2 a 3 meses do plantio, o que dependerá das condições do cultivo.