Benefícios do Jiló para a saúde

O jiló é o fruto do jiloeiro, nome científico Solanum gilo, planta herbácea que pode atingir até um metro e meio de altura. O jiló se origina da África Ocidental e foi trazido ao Brasil durante a escravidão, sendo hoje muito cultivado, especialmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Sua característica mais marcante é seu gosto amargo, que num primeiro momento pode não agradar todos os paladares, mas cujo consumo traz muitos benefícios para a saúde.

Fonte de proteínas, carboidratos e minerais como cálcio, ferro e fósforo, além de vitaminas A, C e B5, o jiló ajuda a proteger o sistema cardíaco, combater o mau hálito, eliminar toxinas do nosso organismo, melhorar o sistema digestivo e auxiliar na perda de peso.

jiló benefícios

Para quem não gosta do sabor amargo e quer se beneficiar das propriedades do jiló, deixá-lo de molho na água com sal ajuda a reduzir o amargor. Algumas formas de preparo também deixam o gosto amargo mais sutil. Uma sugestão é consumir na forma de farofa e comer em conjunto com outros alimentos.

Para preservar suas propriedades durante o preparo, deve-se cozinhá-lo preferencialmente no vapor ou em pouca água em baixa temperatura, garantindo assim seu valor nutricional e baixo valor calórico. O jiló pode ser consumido cozido, frito, grelhado e como ingrediente de várias receitas.

Existem diversos tipos de jiló. No Brasil os mais encontrados são o jiló de formato redondo e o de formato alongado. Existe também o jiló gigante que é da mesma família que o jiló comum e menos amargo. Os frutos do Jiló Gigante Jaíba podem chegar ao tamanho de uma berinjela, medindo entre 8 e 10 cm de diâmetro e pesando em média 400 a 500 gramas.

Para que serve o jiló

O jiló é um fruto de sabor amargo marcante e possui diversas propriedades benéficas para o organismo. Fonte de vitamina A, C, do complexo B, em minerais como o fósforo, cálcio e ferro e substâncias como os flavonoides, alcalóides e esteróides, tem seu uso medicinal como digestivo e aliado no tratamento de distúrbios hepáticos e dispepsia biliar.

Seu consumo é indicado para melhorar o colesterol, diabete, diarreia, febre, problemas hepáticos, gripes e resfriados. Como contêm poucas calorias e muita água em sua composição, é um aliado nas dietas de emagrecimento.

Benefícios do jiló

Apesar do gosto amargo não agradar todos os paladares, os benefícios do jiló compensam seu consumo.  Seu baixo valor calórico e grande quantidade de água e fibras em sua composição favorecem quem está em busca do emagrecimento.

O jiló ainda possui cálcio, fósforo, ferro e vitaminas do complexo B e C, flavonoides, alcaloides esteroides que têm uma importante propriedade antioxidante. Seu consumo ajuda a proteger o sistema cardíaco, já que tem substancias que impedem que o colesterol ruim se acumule nas artérias. Ainda é usado no tratamento de distúrbios hepáticos e no controle do mau hálito.

– Auxilia na prevenção de doenças

Devido às suas propriedades antioxidantes, o jiló auxilia no combate a alguns tipos de câncer. O alto teor de fibras e a baixa quantidade de gorduras são importantes para a saúde o trato gastrointestinal e na prevenção de problemas de saúde como o câncer colorretal e a prisão de ventre.

jiló

– Auxilia na perda de peso

Consumir jiló emagrece. Ele contém uma grande quantidade de água, cerca de 90% de sua composição, e uma boa quantidade de fibras que promovem a saciedade, fazendo que não se sinta fome tão cedo e assim diminuindo a quantidade de calorias ingeridas e no combate a retenção de líquidos.

Benéfico para o coração

O Jiló é fonte de vitamina B1, conhecida como tiamina. Ela melhora a circulação e protege o músculo cardíaco. Possui também potássio, mineral que atua na regulação da pressão sanguínea e batimentos cardíacos.

– Benéfico para portadores de diabetes

Por possuir baixo índice de carboidratos e uma boa quantidade de fibras, o jiló auxilia no controle da glicose sanguínea, propriedade importante para pessoas que possuem diabetes.

– Melhora a digestão

O jiló estimula a secreção de enzimas digestivas que promovem a melhor digestão, absorção de nutrientes e eliminação de toxinas. Esse fruto também possui propriedades benéficas para o fígado, sendo considerado um estimulante do metabolismo hepático.

– Melhora o mau hálito

O consumo do Jiló estimula a salivação, esta tem uma ação bactericida contra agentes que causam o mau hálito, promovendo a saúde bucal.

Como fazer Jiló

O jiló pode ser consumido cozido, frito, refogado, grelhado e como ingrediente de várias receitas. Para não perder seus nutrientes, a melhor opção é refogar o jiló ou então cozinhar em baixa temperatura e com pouca água. Outra dica é aproveitar a água do cozimento para fazer arroz ou sopas, aproveitando assim ao máximo suas vitaminas.

Para tirar o gosto amargo e característico do jiló, que muitas vezes não agrada, basta cortar o jiló em quatro partes e deixar de molho em água com sal por cerca de 15 minutos antes de cozinhar.

Receitas com Jiló

O jiló é um fruto muitas vezes olhado com receio pela sua fama de ser muito amargo. Realmente o amargor é uma característica, porém para aqueles que não gostam do sabor, o amargor pode ser retirado se o jiló for salgado antes do seu preparo ou usado como ingrediente no preparo de farinhas por exemplo.

Seus benefícios são maiores que sua fama de amargo. Fonte de vitamina A, vitamina C, vitaminas do complexo B, fósforo, cálcio, ferro, fibras e potássio, é um aliado na perda de peso, na saúde do coração e do bom funcionamento do sistema digestivo e hepático.

Cada 100 gramas de jiló possui apenas 38 calorias, 1 grama de gordura, 7 g de carboidrato, 1,37 g de proteínas e 2,8 g de fibras, sendo que grande parte da sua composição é água.

O suco de jiló com limão é uma receita que pode ser incluída nas dietas de perda de peso. Além de emagrecer, esse suco ainda contribui para prevenir doenças cardíacas, problemas de fígado e diminuir o colesterol.

Suco de Jiló com Limão

Ingredientes

  • 1 limão
  • 1 jiló
  • 250 ml de água
  • Adoçante à gosto

Modo de preparo

Lave bem e corte o jiló excluindo suas pontas. Corte o limão em 4 partes. Bata no liquidificador o jiló, o limão e a água. Adoce a gosto.

Tome preferencialmente sem coar, pois assim mantém suas fibras que auxiliam na saciedade e no melhor funcionamento do intestino.

O suco pode ser consumido até 3 vezes ao dia. Para pessoas com gastrite, o melhor é reduzir o consumo para 3 vezes por semana.

Jiló frito

Ingredientes

  • 5 unidades de jiló
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • Sal a gosto
  • Óleo para fritar

Modo de preparo

Limpe o jiló, corte em rodelas e coloque-o dentro de um recipiente com água e sal por 15 minutos para retirar o amargor. Em seguida passe cada rodela de jiló na farinha, cobrindo bem e frite até dourar.

jiló propriedades

Chips de jiló

Ingredientes

  • 5 jilós
  • 1 colher de chá de sal
  • Óleo para fritar
  • 1 colher de sopa de suco de limão

Modo de preparo

Lave bem o jiló e fatie sem tirar a casca. Deixe de molho em água com o sal e o suco de limão por 10 a 15 minutos. Em seguida frite em óleo limpo até obter a coloração dourada. Deixe escorrer bem em uma peneira e está pronto para servir.

 

Artigos Relacionados

Benefícios e Propriedades da Beringela

Benefícios e Propriedades do Chuchu

Benefícios e Propriedades da Mandioca

Benefícios e Propriedades do Quiabo

Benefícios e Propriedades do Pequi

Benefícios e Propriedades da Beterraba

Benefícios e Propriedades da Abobrinha

Benefícios e Propriedades da Jabuticaba

Benefícios e Propriedades da Couve

Benefícios e Propriedades da Batata-baroa

Benefícios e Propriedades da Rúcula

Benefícios e Propriedades do Nabo