Benefícios da Fruta do Conde para a saúde

Compartilhe as informações sobre este alimento

Foi em Salvador, em 1626, quando aquela – até então – estranha fruta chegou ao Brasil, trazida por Diogo Luís de Oliveira, o Conde Miranda, daí o nome: Fruta do Conde.

A fruta, que acabou ganhando diversos outros nomes a depender da região onde há seu cultivo (ata, araticum, cabeça-de-nego, anona, pinha, guanábana), tem origem provável no Caribe, mas chegou ao nosso país e logo se identificou com o clima tropical.

 fruta do conde benefícios

Não é difícil encontrar pés da fruta em canteiros públicos e quintais das casas em cidades dos estados de Goiás, Pará, Piauí, Maranhão e Ceará. Nessas regiões, é comum as crianças a arrancarem direto do pé de fruta do conde – que chega a ter até 6 metros de altura – para ser saboreada enquanto se divertem brincando na rua.

A fruta do conde é parente da graviola e da atemoia; seu nome científico é Annona squamosa ou Annona asiática, então, certamente que os nomes populares são muito mais legais, não é mesmo?

É uma fruta bastante curiosa. Por fora, sua aparência é cheia de nódulos verdes unidos uns aos outros e, ao ser aberta, revelam-se suas sementes, que são muitas, bem pretinhas e lisas, cobertas por uma porção branca, carnuda e bem docinha da sua polpa.

Na verdade, a Fruta de Conde é um conjunto de frutos, isso mesmo! Eles surgem de uma única flor e são aqueles pequenos nódulos que acabam unidos e formando o que chamamos de Fruta do Conde ou aquele apanhado de nomes que falamos no começo do artigo.

Propriedades da Fruta do Conde

Nutrientes bioativos e revitalizantes não faltam nesta fruta, que é fonte natural destes que ajudam no fortalecimento da imunidade e nos dão saúde.

Estamos falando de uma fruta riquíssima em vitaminas, compostos fenólicos, ferro e fibras.

Nosso corpo precisa de vitaminas para se manter saudável e o melhor lugar para encontrá-las nas quantidades ideais é mantendo uma dieta saudável, com muitas frutas, legumes e verduras.

 fruta do conde

A Fruta do Conde é indissociável de seu papel de provedora de vitaminas e minerais, pois contém as vitaminas A, C, B2 e vitamina E, além de minerais como o Ferro.

A Fruta do Conde é também rica em fibras, essenciais para o bom funcionamento do sistema digestivo, e carboidratos, que dão vitalidade e energia.

Benefícios da Fruta do Conde

Desde estimular o funcionamento do sistema digestivo a deixar a pele e os cabelos mais bonitos e saudáveis, a lista de benefícios da Fruta do Conde é enorme.

Você só tem a ganhar com o consumo da fruta que o Conde Miranda nos trouxe, veja só:

  1. Devido à grande quantidade de fibras que possui, a Fruta do Conde previne a prisão de ventre e estimula o organismo a uma boa digestão.
  2. Possui ferro em grandes e saudáveis quantidades e também vitamina C, o que acaba estimulando o organismo a absorver o mineral com mais eficiência.
  3. Rica em fenólicos e vitamina E, possui ação antioxidante e combate os causadores do envelhecimento precoce e doenças degenerativas.
  4. A visão também é muito beneficiada com o consumo da fruta devido à vitamina C em conjunto com a vitamina B2. Seus olhos agradecem.
  5. Garante saciedade e energia ao corpo por muito mais tempo, o que faz da Fruta do Conde uma excelente forma de controlar a fome e se sentir satisfeito por mais tempo.
  6. Como sua composição nutricional possui quase zero de gordura, seu consumo combate o mau colesterol (LDL) e ajuda a manter a forma.
  7. As propriedades medicinais e terapêuticas da Fruta do Conde são antimutagênicas e protegem as células, o que a torna antitumoral, antimicrobiana e reguladora do metabolismo.
  8. E por último, mas não por fim, a combinação de suas vitaminas A e C possuem propriedades rejuvenescedoras e regenerativas que deixam sua pele mais bonita e os cabelos mais macios.

Mas olha, isso ainda não é tudo o que a Fruta do Conde pode fazer por você, pois ela também pode ser utilizada no tratamento de problemas de saúde como anemia, espasmos, diarreia, colite, cãibras, desnutrição, verminose e até mesmo a depressão e o estresse.

Como consumir Fruta do Conde?

Bem, para isso não há segredo algum. Se você for daqueles que não se importam em se lambuzar, simplesmente abra a fruta com as mãos e se delicie com a polpa. Você vai perceber uma leve sensação de grãozinhos de areia sobre a língua. Minúsculos e doces grãozinhos. É uma sensação agradável, pois a aspereza da Fruta do Conde contrasta com seu sabor açucarado.

benefícios da fruta do conde

Não vá se esquecer de cuspir as sementes, hein?!

Não existe hora para a Fruta do Conde ser consumida, portanto, delicie-se no café da manhã, antes do almoço ou como sobremesa, no seu lanchezinho da tarde ou antes de se deitar.

Mas tudo que é gostoso, pode ficar melhor, então…

Receitas com Fruta do Conde

Mousse de Fruta do Conde

Já imaginou se deliciar com um saboroso mousse?

Então pare logo de imaginar e corra pra fazer um agora, é muito fácil, e é uma delícia!

  • Abra a fruta-do-conde e tire polpa, desprezando as sementes.
  • Coloque a polpa em uma tigela.
  • Hidrate a gelatina com água e leve ao banho-maria até dissolver.
  • Retire do fogo e junte a polpa da fruta.
  • Bata o creme de leite até ele formar um creme grosso e o misture com um pouco da polpa com gelatina.
  • Bata as claras em neve e acrescente açúcar.
  • Continue batendo até obter ponto de suspiro e junte à mistura anterior.
  • Com uma colher, mexa com movimentos de baixo para cima e distribua em uma travessa ou em taças.
  • Leve à geladeira por cerca de 3 horas.
  • Decore com folhas de hortelã.

 Suco de Fruta do Conde

O suco da Fruta do Conde é cremoso e muito gostoso quando servido bem gelado. Aprenda a fazer.

Você vai precisar de:

  • 1 fruta de conde
  • Polpa de coco
  • 1 limão
  • 1 xícara de chá de água filtrada
  • 1 colher de sopa de mel

Preparo:

  • Passe a fruta do conde por uma peneira até obter uma polpa cremosa.
  • Bata a polpa com os demais ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo.
  • Sirva em seguida.

Adicione algumas pedras de gelo ou use a água gelada.

Como plantar Fruta do Conde (Fruta do conde cultivo)

É importante saber que o pé de fruta do conde gosta de temperaturas elevas, por isso tem muita expressividade na região Oeste por conta do clima. A temperatura entre a primavera e o outono é a sua preferida.

O uso de técnicas apropriadas é super indicado para você conseguir frutos de boa qualidade, por isso é indispensável o uso de sistemas de irrigação, adubação, podas, polinização artificial, raleio de frutos e outras técnicas aplicáveis no cultivo.

Pode sair caro, mas o lucro com as vendas pode ser recompensador para quem quer ganhar dinheiro.

A plantação doméstica, porém, é muito mais simples, mas não se esqueça de observar alguns cuidados, como por exemplo:

  1. O solo deve ter textura leve e ser bem sequinho, muito bem adubado e com profundidade.
  2. Prefira mudas enxertadas, procure viveiristas credenciados para adquirir a sua muda.

Hora de trabalhar

Dependendo da irrigação e da região, pode ser durante o ano todo, mas prefira os meses chuvosos.

A fruta do conde se adapta a vários tipos de solo, mas prefere aqueles de textura leve, bem sequinhos e arejados. O solo deve ser profundo e abundante em matéria orgânica. Um pouco de acidez também é indicado para se obter frutas bem suculentas.

Quanto ao clima, não tem conversa, deve ser quente e totalmente sem geadas, ou tudo poderá ser posto a perder.

A fruta pode ser consumida in natura, usada para fazer cremes, mousses e refrescos

Como é rica em vitamina C e do complexo B, além de proteínas, carboidratos, cálcio, fósforo e ferro; suas folhas são usadas para o tratamento de convulsões e colites e os frutos para debilidade geral.

A média de período de colheita ocorre de 90 a 180 dias, a depender da região e das condições climáticas.